Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
43 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57333 )
Cartas ( 21140)
Contos (12562)
Cordel (9920)
Crônicas (22029)
Discursos (3129)
Ensaios - (10122)
Erótico (13300)
Frases (42583)
Humor (18104)
Infantil (3678)
Infanto Juvenil (2460)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1314)
Poesias (137553)
Redação (2898)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4585)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Tarciso Com Tê -- 03/04/2008 - 19:56 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não me chame de Narciso
Eu não sou um espelhado
Posso até ser bom partido
Belo porte e prendado
Mas meu nome é Tarciso
Pois assim fui batizado

O Narciso se acha lindo
Eu Tarciso não me acho
Quero ser apenas cidadão
Homem sério e cabra macho
Se me dizem não se assanhe
Fico quieto e aquieto o facho

Assim sendo meu amigo
Peço um favor a você
Não me chame de Narciso
Pro amigo não perder
E pra não ficar indeciso
Tire o ene e bote um tê.

Tarciso
Soure (PA), 27/01/2008

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui