Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
78 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56412 )
Cartas ( 21156)
Contos (12573)
Cordel (9948)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (8871)
Erótico (13328)
Frases (42855)
Humor (18217)
Infantil (3699)
Infanto Juvenil (2512)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137705)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NEVERLAND - A TERRA DO NUNCA -- 13/06/2005 - 19:36 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




NEVERLAND, A TERRA DO NUNCA



Jan Muá

13 de junho de 2005





É uma terra especial

Não é um rancho limitado por raias e confins

Mas uma terra feliz e gloriosa

Onde não mora rei de nenhuma espécie

Nem rei pop nem rei da grei nem da lei

É simplesmente uma terra especial

Onde nunca se ofende ninguém

Onde nunca acontecem explorações e violentações

Nem políticas corrupções

É uma terra onde nunca se deixa de dar prioridade às crianças

À arte e à música e às mulheres

Onde o sol nunca se põe

Onde os pássaros nunca deixam de cantar e de voar

Onde as cachoeiras nunca deixam de fluir

Onde os homens nunca traem

Onde as mulheres nunca deixam de amar

Onde a vida nunca deixa de ser vida

Onde a fraternidade nunca deixa de estender a mão ao mais pobre

Uma terra do nunca

Onde se aprende a viver e a amar para nunca mais ninguém deixar de viver e amar...



Jan Muá

13 de junho de 2005
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 408 vezesFale com o autor