Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56723 )
Cartas ( 21160)
Contos (12582)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8936)
Erótico (13377)
Frases (43197)
Humor (18334)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2597)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137947)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4723)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ENCOSTA DO SOL -- 17/12/2000 - 16:25 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






ENCOSTA DO SOL







Eu estou bem colocado frente à encosta do sol

E meus olhos se dispõem à observação

Tudo é lindo e asseado nesta tarde

Tudo é expressão de vida

As chuvas voltaram e varreram a encosta

Trazendo mais verde ao meio ambiente

As águas do lago dão um tom de tranquilidade

Aos rostos que se movimentam

O casario brilha com tímidos raios de sol

Telhados franceses se vêem por entre copas civilizados

E o horizonte corta uma linha

No sopé da abóbada cheia de nuvens flúidas

Mais perto de mim bambus flutuantes

Se agitando com o vento

Canteiros plácidos verdejando

E na esquina, um pau-brasil tenro e jovem

De tronco hirto e alongado

Com vida ondulada pela aragem branda

Algumas nuvens se encastelando agora

E entre elas meus pensamentos soltos

Subindo nos céus longínquos

Trazendo você de volta até mim

Pelo balão do cedro jovem triangulado

Armado em árvore luminosa do Natal

Convidando-nos a uma festa fraternal

Onde cabemos com todos os nossos sonhos,

Fantasias e realidades!





Jan Muá

17 de dezembro de 2000

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 712 vezesFale com o autor