Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
25 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10012)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8955)
Erótico (13388)
Frases (43349)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138026)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4767)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->19. SEPARAÇÃO -- 26/11/2003 - 07:14 (wladimir olivier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
WLADIMIR OLIVIER

Desde que Fernando se viu sob os cuidados da Igreja Cristã, Adonias se pôs de prontidão para a eventualidade de um chamado. Cabia a Adão ir instruindo-o em suas dúvidas, estimulando-o aos estudos de caráter científico, tanto que, em substituição ao curso de Maciel, ocupou o mesmo horário, matriculando-se em outra matéria, “Manancial de Fluidos e de Energias para a Manutenção do Perispírito em Estado de Suspensão Vital”, a qual lhe estava exigindo muita pesquisa e trabalhos de campo, dado que necessitava de conhecimentos matemáticos, físicos, químicos e biológicos aplicados à natureza do invólucro espiritual.

Pediu dispensa e obteve de duas das três funções voluntárias, mantendo a que prestava junto ao hospital, o que lhe dava oportunidade de visitar o pai com bastante freqüência, em instantes de recolhimento em oração, sempre desejoso de ver o cadavérico molambo ganhar vitalidade e energia.

Em um mês, esteve o velho lúcido por duas vezes, em ambas agarrando-se a Adonias, rogando que colaborasse com ele para efeito de atentar contra o marido de sua viúva.

Mas as coisas iam muito bem no curso que ministrava, tendo, naquele período, despachado mais um grupo entusiasta, pensando, inclusive, em estender suas preocupações evangélicas aos “Atos dos Apóstolos” e ao “Apocalipse”, o que lhe permitiria dedicar-se um pouco mais aos estudos de sua predileção.

Todas essas atividades estavam sendo compartilhadas por Alice, amada companheira, que o ajudava em todas as pesquisas, mantendo com ele longas tertúlias intelectuais, aprendendo a decifrar os textos antigos sob o ponto de vista e o alcance do ex-sacerdote, ao mesmo tempo que ia passando-lhe seus conhecimentos na área de enfermagem, porque ambos julgaram essencial que tal adestramento estivesse bastante adiantado, quando Adonias recebesse de Adão a incumbência de cuidar de Fernando.

Ao cabo, no entanto, daquele mês, Alice surpreendeu com uma informação importantíssima:

— Meu amigo, Anésio veio propor-me volver ao plano da matéria densa, no âmbito de nossa família, porque existe um sobrinho-neto meu cuja esposa está predisposta a engravidar. Gostaria de discutir com você a respeito, porquanto essa decisão há de envolver a sua querida pessoa, já que tenho a esperança de nos reunirmos em uma família feliz para resgate de todos os dramas das anteriores encarnações. Acho que desta vez iremos conseguir superar todos os obstáculos e aprender a conviver sob o impacto das emoções e dos percalços físicos.

Adonias refletiu por alguns instantes, hábito que estava adquirindo ante as novidades para não precipitar considerações, e emitiu sua opinião:

— Não seria de todo razoável esperar que eu assuma a direção do tratamento de Fernando, partindo na sua frente, para recebê-la mais tarde, sem os dramas inerentes a uma diferença de idade entre marido e mulher...

Alice o interrompeu:

— Você vai ter exatos dez anos para voltar à Terra, se estiver convencido que deva fazê-lo. Acho que esse tempo não representa uma diferença de idade muito ponderável, principalmente...

Alice mantinha Adonias estreitamente apertado ao peito, sentindo-lhe as vibrações mais íntimas de suas fibras sentimentais.

— ... considerando-se o fato de que a minha intenção, por conselho de Anésio, é de aceitar uma encarnação no sexo masculino.

Foi como que um choque na mente de nosso herói. Adonias só não se perturbou completamente, porque, por outro hábito que estava desenvolvendo, entregou-se a uma prece, confiando-se ao Senhor. Quando volveu a comandar seus atos conscientes, foi obrigado a concluir que Anésio tinha razão:

— Sei que vivi sob a condição feminina há exatos dois milênios antes do Cristo. Você deve recordar-se de ter comparecido à minha presença...

Alice fez um gesto para que Adonias suspendesse essa linha de recordações desairosas para os dois e completou:

— Passe por cima dessas experiências, hoje sem nenhum valor para nós perante o influxo enorme de nosso saber, devido ao expurgo de tantos vícios de nossa personalidade. Vá ao ponto de nosso interesse atual.

— Pois bem, eu dizia que há quatro mil anos venho reencarnando como homem, como varão, sem jamais haver possibilitado a nenhum aspecto ou característica feminina dos velhos tempos que aflorasse. Você sabe disso, como eu sei que, nesse mesmo período, a sua feminilidade cresceu, dominando-lhe a psique quase completamente. Devo dizer, a bem da verdade, que fiquei um pouco surpreso por encontrá-la neste intervalo no etéreo com atitudes francamente positivas, quase diria másculas, não fosse a meiguice de seu apego à minha pessoa. Ainda a bem da verdade, considerando neste instante um aspecto sutil de nossa derradeira encarnação, posso vislumbrar que se constituiu em uma espécie de hiato, talvez preparando-nos para essa mudança de sexos, uma vez que não exercemos o nosso poder genético de reprodução, nem nos estimulamos eroticamente, sublimando todos os impulsos sexuais sob o controle de nossos juramentos religiosos, você como freirinha e eu como padreco, ambos sob o voto de castidade. Será que existe esse controle da parte de nossos mentores e anjos guardiães?

Alice, que não havia pensado sobre o tema, não quis responder de maneira específica, mas não deixou de manifestar sua opinião:

— Eis aí um ponto a ser meditado com muita atenção, porque, quando estivermos prontos para orientar alguns afilhados na qualidade de espíritos de luz, teremos de dominar essa área de prudência e de previsibilidade, para favorecer um crescimento mais rápido no sentido evolutivo dos pupilos. Caso a gente esteja sob estreita vigilância desses seres superiores, o que não só é possível, como seria ilógico que não fosse assim, porque a lei de amor e de caridade deve estar atuando neles com força maior do que atua sobre nós, então temos de aceitar que nosso livre-arbítrio apenas comparece no sentido negativo, para prejudicar-nos, uma vez que, se obedecermos a todos os princípios universais do bem, ainda que maquinalmente, ficaremos resguardados de qualquer mal, de qualquer punição de nossa consciência e, portanto, bem mais aptos a caminhar na direção do reino do Senhor. Se nos rebelássemos contra as restrições que concordamos que nos fossem impostas, anularíamos, com certeza, o planejamento superior que se organizou e se pôs em ação em nosso favor.

Adonias pegou o esquema do raciocínio e adaptou-o para suas observações:

— Pois eu acho, a estar você com a razão, que fui alijado da vida exatamente quando estava criando problemas para a realização dos tópicos elaborados para minha existência corpórea. Tendo a acreditar que até o sofrimento de Fernando estivesse na pauta de uma probabilidade de me perder, tendo ele sido induzido a enfurecer-se, segundo seu padrão de procedimento habitual, redundando no desastre que me retirou da crosta terráquea. O que não compreendo é como o guia de meu pai não manteve o controle sobre sua depressão, acabando este por perpetrar um dos maiores crimes contra a natureza, ou seja, o suicídio. Neste caso, a minha morte deve ter propiciado aos obsessores um domínio exclusivo sobre a personalidade dele, a ponto de levá-lo àquela derradeira tragédia. Então, Dona Genoveva foi convidada a partilhar desse jogo do carma, pelas leis de ação e reação, de amor, justiça e trabalho, forçando que o ex-marido pudesse adquirir um problema moral cuja solução, para a qual devo colaborar, o conduzirá a um estágio evolutivo um pouquinho mais elevado.

Ambos se expressaram de forma a desenvolverem teses que, um momento depois, iriam considerar atrevidas demais, simples hipóteses que julgaram plausíveis mas que tinham o condão de se erguerem sobre bases meramente retóricas. Foi Adonias quem propôs:

— Vamos orar a Jesus, para que nossa inteligência se ilumine, proporcionando-nos condições superiores de compreensão da verdade que expusemos tão-somente como conclusões provisórias.

Então, entrelaçaram os dedos e Alice se manifestou:

— Senhor, eis aqui duas criaturas ainda muito débeis intelectualmente. Sabemos disso, Mestre, e lhe rogamos que nos envie mensageiros com suficientes conhecimentos para nos orientarem, porque julgamos sagrado o nosso direito de pesquisar a verdade, sem o que não conseguiremos progredir jamais. E que os esclarecimentos que recebermos incluam o que se espera de nós na próxima aventura carnal, para que cumpramos, com maior vigor e determinação, a vontade de Deus, nosso criador. Assim seja.

Os dois repetiram com forte emoção um pai-nosso, dando ênfase à parte final da oração, quando pediram, o mais humildemente que lhes foi possível, que todo o mal fosse deles afastado, cada um referindo-se a uma possível fonte íntima desse mal.

Quando voltaram à condição de governo frio e rígido da mente, sem interferências emocionais, perceberam que estavam absolutamente de acordo com a idéia de Anésio de viverem uma vida nova na Terra, sob condições orgânicas invertidas.

Adonias cedeu a Alice a iniciativa dos planos:

— Fale você, já que vai partir primeiro e vai revestir-se com o formato do sexo forte, minha querida, ou devo chamá-la desde já de “querido”?

A facécia alegrou os dois, mas Alice não deu seqüência à brincadeira, limitando-se a informar:

— Meu caro amigo, bem que nós poderíamos imaginar uma forma feminina para você e outra masculina para mim. No entanto, se me fosse dado escolher, procuraria definir uma aparência mais consentânea com a nossa semimaterialidade perispiritual, dando-nos o contorno de entidades extracorpóreas, assemelhando-nos apenas o suficiente com os seres encarnados para termos livre trânsito cá na colônia, onde ainda necessitamos de indícios, vamos dizer, sensórios, correspondentes aos cinco sentidos da Terra, para mantermo-nos em equilíbrio “social”.

Adonias entendeu de levantar um problema que lhe vinha fermentando no cérebro, desde que imaginara como é que Jesus, em sua passagem por aquele círculo existencial, se fizera reconhecer, uma vez que a pujança de sua força espiritual tão-somente despertaria a atenção dos seres de maior sutileza:

— Eu acho que Jesus se apresentou ao povo daqui com quase o mesmo sacrifício de sua encarnação terrena. Deve ter constituído um corpo astral de reduzido poder energético, dando-lhe feição coerente com a que manteve no final de sua peregrinação carnal. Digo isto para preparar a minha questão. Ei-la: Alice, quem você conhece que alterou profundamente os traços desde que para cá se transladou?

— Anésio e Adão se acham inteiramente modificados da época que desencarnaram, muito mais jovens e lépidos. Eu mesma mantive esta minha aparência juvenil na expectativa de fazer-me reconhecer por você de modo mais imediato. Mesmo assim, se você se lembra, por não se deixar impressionar desde logo por minhas vibrações particulares, os nossos primeiros encontros lhe passaram em branco. Você nem mesmo percebeu que, na praia, a ouvi-lo, estava ao lado de meu pai.

— Na verdade, estava tendo sérios problemas de visão e de audição, a ponto de permanecer quase o tempo todo preocupado comigo mesmo. Imagine se sabia utilizar-me dos recursos de um perispírito cuja existência eu sequer suspeitava! Mas, então, eu lhe pergunto: Além dos trajos de sacerdote que, faz tempo, abandonei, que outras mudanças você pode apontar em mim, desde que me integrei ao corpo docente da casa?

— Você não se tem olhado no espelho?

— Até pouco tempo atrás, eu cortava a barba mas percebi que era mero hábito terreno. Incrível que até uma semana após eu haver iniciado minhas funções voluntárias de limpeza, ainda abria o chuveiro. Agora eu sei higienizar-me através de alguns recursos que domino intelectualmente, porque as impurezas que se apegam à nossa epiderme metafísica são tão-só de caráter moral. Nesse aspecto, eu tenho dado uns esfregões bem fortes, tanto que a minha pele fica quase esfolada.

Alice riu a valer, demonstrando imensa satisfação pelo rápido crescimento do amigo e companheiro. Mas logo se recompôs:

— Adonias querido, não creio que devamos realizar nenhum projeto muito detalhado para a nossa próxima peregrinação pela crosta terrestre. Vamos cumprir os desígnios de nossos protetores e benfeitores, os quais, muito experientes e muito responsáveis, irão elaborar um plano de atividades que só pode ser de proveito para nós. Caso estivéssemos sendo assediados por espíritos malfazejos lá no Umbral, evidentemente formaríamos uma espécie de muralha energética para nos defendermos dos assaltantes, e isso por nossa conta e risco, sem sabermos, naquele caso, definir os pontos frágeis e as brechas por onde nossos inimigos iriam penetrar. Como, no entanto, estamos numa situação bem cômoda, eu acho que iremos ter o privilégio de receber em missão os compromissos cármicos todos. E, se abrirmos a mente para a percepção das causas de todos os eventos menos felizes que nos atingirem, ficaremos em estado de mediunidade positiva para entrarmos em contato com os nossos mentores. Não nos é difícil de conjeturar dois fatos passíveis de acontecerem, quais sejam, o de que iremos causar certos impactos emotivos pela nossa atuação coerente com o nosso saber em áreas espirituais específicas, como ainda haverá um influxo de vibrações de irmãos nossos interessados em manter sua prevalência sobre as almas mais débeis e endividadas que ameaçarmos desviar do caminho do erro. Bastará que trabalhemos para salvar alguns jovens dos vícios que empestam a face da Terra e logo uma chusma de maus elementos encarnados e desencarnados correrão para obstar as nossas atividades. Como, porém, iremos pôr em prática as lições evangélicas, a partir mesmo do princípio de que você até buscava salvar as imagens das criaturas que se drogavam debaixo do viaduto, talvez numa antevisão de sua próxima tarefa, será preciso que nos munamos de paciência e de muita fé em que o Senhor nos auxiliará a cumprir as nossas obrigações. Além disso, temos de acompanhar os acontecimentos humanos, no intuito de facilitar a nossa compreensão, num sentido mais profundo, de quanto formos aprendendo desde a primeira infância. Temos, na colônia, um curso específico que nos dará mais traquejo do que se fôssemos observar por nossa conta e risco. Eis uma tremenda novidade para nós, que nunca tivemos tal privilégio em nenhum de nossos regressos ao mundo dos mortais.

Adonias ouvia tudo com o sentido alerta para as novidades, pois quase tudo que Alice lhe dizia era a primeira vez que escutava. No fundo da consciência, contudo, uma preocupação se mantinha alerta, a estimulá-lo para algumas objeções. Era a intuição de que Fernando iria ficar sem a sua assistência definitiva, porque desconfiava de que o tempo de dez ou mesmo de quinze anos não seria suficiente para colocar aquele espírito em condições de enfrentar o dia-a-dia da colônia com a mesma desenvoltura sua, de Alice e até mesmo de seus alunos, lembrando-se de que Renato era tão adiantado e ainda se mantinha como “office-boy”.

Alice teve acesso a esses pruridos emocionais e caracterizou-os:

— Adonias, se nós estamos concordando em nos pôr à disposição dos mentores num caso tão importante quanto o da nossa reencarnação, por que não fazer o mesmo quanto aos nossos possíveis assistidos? Não é lógico que, no instante em que liberarem Fernando para você cuidar, você estará apto a fazê-lo, segundo os critérios superiores de nossos guias maiores? Eu tenho uma solução plausível, que poderei apresentar ao conselho formado por todos os guardiães dos interessados e mais algum ou alguns amigos da espiritualidade superior que deseje orientar-nos, como no caso de Maciel, para citar um exemplo.

Adonias apenas acompanhava a exposição sem avançar nenhuma conclusão sobre a sugestão que Alice iria propor, isto devido à velocidade extraordinária com que os pensamentos se formulavam para a telepatia. Sendo assim, antes que Adonias tivesse percebido aonde ia ela chegar, ouviu:

— Caso todos estiverem de acordo, você conceberá, gerará e dará à luz um menino ou menina com a alma de Fernando.

Dessa feita, a surpresa desencadeou uma sucessão de raciocínios, um mais agradável que o outro, de sorte que Adonias terminou aos prantos nos braços de Alice, em plenitude de felicidade.

Mas o idílio duraria pouco, que Alice foi chamada a se apresentar no setor de compactação perispiritual, para efeito de implantação no ovo que estava em vias de se formar no ventre de sua futura mãe.

Adonias acompanhou-a e, durante o trajeto, quis saber se haveria tempo para uma operação segura.

— Claro, meu bem! Não se esqueça de que, mesmo em fase de gestação, o meu espírito poderá liberar-se do corpo material, tal qual sucede com todos os encarnados quando dormem. Além disso, caso a minha vida mereça ser prazenteira e pacífica, irei aprendendo a amar os meus progenitores, porque os fetos são capazes de entender as ondas de vibrações que lhe chegam das entidades que criam expectativas de profundo amor, ao mesmo tempo que irei recebendo todas as notícias que os meus amados guardiães espirituais julgarem de bom alvitre comunicarem-me. De acordo com o que me informaram, através do histórico genético dos meus futuros pais, irei possuir um cabedal de inteligência física bastante maleável, capaz de fáceis adaptações às realidades culturais que incrementarão conhecimentos atualizados em meu cérebro em formação, a tal ponto que, como a minha família é suficientemente abonada, logo estarei dominando os aparatos técnicos “up-to-date”, abrindo-me perspectivas para cumprir o meu objetivo de auxiliar os nossos irmãos a vencer certas barreiras sociais, ajudando a superar as ameaças de miséria absoluta que decorreriam de uma destruição ainda mais acentuada dos recursos naturais do planeta. Para sua informação, houve um tempo em que essa temática me interessou sobremodo, tanto que me matriculei em diversos cursos, para poder entender melhor qual o papel dos espíritas no terceiro milênio.

— Você tem certeza disso?

— Meus pais são espíritas atuantes em vários centros de periferia. São estudiosos da doutrina e estão aguardando um filho para cumprirem, através dele, uma parte de seu ideal cristão.

— Sem querer ser pessimista, mas Fernando me reservou um destino eclesiástico que deu no que sabemos.

— Sem querer ser otimista, não é verdade que nunca antes você havia chegado tão longe em seu desenvolvimento moral?

Não tivessem chegado ao Departamento de Reencarnação e teriam prosseguido o diálogo, no sentido de se responderem muitas questões que brotavam na mente de Adonias.

Alice foi recebida por um corpo técnico, tendo Adonias sido convidado a participar dos trabalhos na qualidade de assistente capelão, para manutenção de um fluxo energético a ser captado de campos externos superiores, pelo interesse que tal reencarnação provocara junto a um círculo sob cuja responsabilidade estava a recuperação dos mananciais de vida em fase de tremenda destruição na Terra.

Tanto Adonias se envolveu em sua tarefa, orando com tanto amor pelo sucesso da companheira, que se desligou da realidade ambiente, ficando sem presenciar o processo que levou o espírito de Alice à célula primordial da gênese. Mas não se deixou abater pela separação, tanta confiança adquiriu na assistência importantíssima que seu futuro cônjuge recebera e que ele testemunhara muito particularmente. O que o surpreendeu foi o fato de haver permanecido em êxtase por mais de duas semanas, tempo em que o trabalho inicial foi dado por terminado.

Ao sair do Departamento de Reencarnação estava muito mais forte do que quando entrou, trazendo todas as respostas às questões que não conseguiu formular à companheira. Veio com a certeza de que todas as suas tarefas haviam sido devidamente reorganizadas e que bastaria um contato via computador para se inteirar das próximas etapas de suas atividades.

De fato, nenhuma surpresa aguardava por ele, a não ser um aviso do amigo e mestre Adão de que deveria apresentar-se para mais um pouco de treinamento socorrista.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui