Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
81 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56831 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10014)
Crônicas (22151)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43355)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138029)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4770)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->TRIBUTO A LUIZ GONZAGA -- 30/11/2012 - 09:36 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

TRIBUTO A LUIZ GONZAGA
José de Sousa Dantas

O REI DO BAIÃO, LUIZ
GONZAGA
, está noutro clima,
deve assistir lá de cima
ao show da música raiz,
com certeza está feliz
com a comemoração
e nos dando inspiração
abrilhantando o cenário
NO ANO DO CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

Cantor e compositor,
e músico por excelência,
de notória competência,
digno de aplauso e louvor,
pelo seu grande valor
e a contribuição
à cultura da nação
e ao mundo literário.
CANTE E VIVA O CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

No palco se apresentava
com traje de cangaceiro,
de tocador e vaqueiro,
que o povo se encantava,
com a sanfona cantava
os aspectos do sertão,
a cultura, a tradição,
num contexto imaginário.
CANTE E VIVA O CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

LUIZ GONZAGA deixou
um legado musical,
autêntico e fundamental,
que no mundo se espalhou
e se imortalizou
com a sua criação,
permitindo a formação
de um rico documentário.
CANTE E VIVA O CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

O nosso Brasil inteiro
exalta LUIZ GONZAGA,
sua obra, sua saga,
o seu canto mensageiro,
e o nordeste brasileiro
no fundo do coração
se orgulha com razão
desse artista legendário.
CANTE E VIVA O CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

O Cheiro da Carolina,
Asa Branca, Juazeiro,
Qui Nem Jiló, Boiadeiro,
Sabiá, Cintura Fina,
Aquarela Nordestina,
Fogueira de São João,
Vira e Mexe, Xô Pavão...
e Respeita Januário.
CANTE E VIVA O CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO.

Tive a oportunidade
de ver de perto GONZAGA,
lembrança que não se apaga
desde a minha mocidade,
e pra minha felicidade
durante a preparação
destes versos, fiz questão
de deixar meu comentário
NO ANO DO CENTENÁRIO
DE LUIZ, REI DO BAIÃO
.

LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO nasceu em 13/12/1912 em Exu – PE e faleceu em 02/08/1989 em Recife - PE

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 63Exibido 518 vezesFale com o autor