Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56831 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10014)
Crônicas (22151)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43355)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138029)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4770)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->25. O PRIMEIRO VOLUNTÁRIO -- 22/01/2004 - 06:50 (wladimir olivier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
WLADIMIR OLIVIER

Não havíamos concluído a reunião, quando fomos chamados para testemunhar um convite nobilitante.

Epaminondas fazia as honras da casa a grupo de “residentes” no setor de implantação vital:

— Estão aqui irmãos encarregados de selecionar, dentre os que se oferecerem espontaneamente, alguém para completar a felicidade de ilustre casal de cientistas, prestes a enlace conubial. Sabendo que nos preparamos para ingresso missionário no campo dos apaniguados intelectuais, estimam que estará muito bem disposto dentro da sociedade aquele que for aceito pelo casal. É evidente que haverão de ser consultados os futuros pais, para o que o escolhido deverá preparar-se convenientemente, voltando de imediato à colônia, para curso intensivo, dentro dos parâmetros estabelecidos para a classe. Teremos algum tempo, para não realizarmos nada de afogadilho, mas precisamos decidir-nos já. Quem se dispõe?

Vários indicaram o desejo de partir para o cumprimento dos desígnios dos mestres e benfeitores, dentre o quais, Roberto, naturalmente.

Os recém-chegados agradeceram as providências de Epaminondas e recolheram-se com os voluntários, para minuciosa explanação do que se esperava realizar junto aos encarnados.

Maria solicitou permissão para acompanhar as entrevistas, com a finalidade do relato. Assim, pudemos saber a quais objetivos se visava. Mas não nos é permitido relatar tudo, porque o nível de consecução cármica sequer está ao alcance do nosso intelecto. Contudo, as principais questões de ordem geral somos capazes de reproduzir.

— A proposta seguirá o mesmo roteiro para todos — esclareceu-nos Ovídio, um dos adventícios —, de modo que estejam à vontade para assistir a uma das consultas.

Interessava-nos a reação de Roberto, pela anterior manifestação quanto ao retorno aos estudos.

— Você está ciente de que haverá sacrifício, a circunscrever os hábitos do egoísmo, pelas injunções corpóreas debilitadas, em função das restrições próprias para a dedicação às ciências, em caráter de quase exclusividade?

— Era o que tinha em mira, desde que me fossem dados parentes esclarecidos, interessados em fazer avançar algum setor para o bem coletivo.

— Está disposto a revisar os conhecimentos na área das técnicas aplicadas para a apreensão dos mecanismos neurovegetativos em descompasso funcional pela interferência de agentes orgânicos naturais produzidos em reação à ingestão de elementos tóxicos?

— Tenho dedicado meus esforços no sentido de apreender os princípios do melhor desempenho físico. Não estava inclinado às pesquisas das defecções, senão subsidiariamente. Mas nada objetarei, se a conseqüência das atividades vitais resultar útil para a superação de males tão terríveis.

— Queira aguardar o resultado da conferência que faremos em seguida ao conhecimento das respostas dos demais.

Não se passaram nem dez minutos e todos foram chamados para ouvir a deliberação a que tinham chegado.

— Amigos, em nome de Jesus, agradecemos a generosidade de seus corações. Todos os que se apresentaram reúnem aspectos positivos. Contudo, como estamos voltados para determinado tipo de estrutura mental em conjugação com as aspirações promanadas de incursões específicas na carne, julgamos que Roberto atende com mais rigor aos anseios dos pais. Naturalmente, somente após o encontro dos três é que teremos a certeza de que a nossa decisão está correta. Até lá, para não perder tempo, Roberto irá volver aos estudos na colônia. Será convocado em tempo hábil para chamarmos outro voluntário, caso não cheguem pais e filho a acordo satisfatório.

Roberto exultava de alegria:

— Agradeço ao Pai a sua sublime misericórdia. Espero não decepcionar a confiança que em mim se deposita. Abraço a todos os amigos e companheiros e reverencio os mestres pela forte luz que imprimiram em meu coração. Quanto a partilhar dos trabalhos de redação em andamento, autorizo a transcrição de tudo o que se contém no disquete revelador de minha personalidade, bem como de minha atuação junto à classe. Adeus! Orem pelo sucesso dos meus empreendimentos! Que Deus seja louvado!

Após a solenidade do bota-fora, na qual Epaminondas fez breve apologia do bom senso para a compreensão dos sofrimentos, como meio de superar as dificuldades espirituais, em lágrimas, dissemos um “até logo”, suspeitosos de que muitos de nós embarcaríamos de volta para a colônia bem antes de terminar o périplo planetário.

Quando pensávamos que o episódio estava encerrado, Epaminondas veio com uma novidade temática:

— A hora é chegada de ajustarmos contas com a consciência. Vocês vão recolher-se por meia hora, vão conversar com os monitores e vão buscar entender a razão de não se terem oferecido para pronta volta à terra. Em seguida, os pequenos grupos ouvirão as conclusões individuais e comentarão as desculpas, segundo a perspectiva histórica das realizações evangélicas dos últimos cem anos. Boa sorte!

Felícia achou extremamente oportuna a solicitação do mestre. Chamou Tomás, o que nem precisava ter feito tão rápida foi a aparição dele, e deliberou ficar ali mesmo, para a apreciação de seu pensamento.

— Tomás, você está com alguma atribuição especial, em função deste exame de consciência?

— Perfeitamente. Tenho autorização para gravar todas as razões apresentadas, para posterior discussão com os demais monitores, com o fim de aprendermos com o elevado teor moral das reflexões que iremos ouvir. Para nós, servirá como curso intensivo de socorrismo, porque...

— Espero que venha a ser mesmo. Quanto a mim, não me ofereci para a específica situação terrena, porque desejo conhecer várias possibilidades de trabalho, adaptando-me à que melhor se coaduna com o meu modo de ser.

— Quer dizer que você é quem determinará o próprio destino terreno?

— Quer dizer que irei pleitear para que assim seja, sem imposições nem condicionamentos de qualquer sorte. Quero estar firme, para não errar.

— Não terá havido, permita-me, nenhum preconceito quanto ao caráter genésico da incorporação?

— Não faço questão de nascer mulher ou homem. Mas pretendo não malversar a oportunidade, mesmo porque considero a ocasião assaz perigosa para aqueles que se destinarem a trabalho de recomposição e mergulharem, inadvertidamente...

— Se essa fosse a idéia de todos, ninguém se teria oferecido.

— Não posso dizer que isso não me ocorreu. Mas bastou-me saber que havia quem iria apresentar-se espontâneo, para me reservar para outra ocasião. Se não houver acordo entre as partes, se Roberto e os demais forem rejeitados, se ninguém mais se oferecer, escreva aí: “Felícia aceitará, de muito boa mente, ser filho ou filha daquele casal.”

Terminada a conferência das razões dos colegas, verificou-se que pouco divergiam entre si. Assinale-se que Maria destoou, porque não abriu mão de redigir o texto em que se exporia aos mortais as reações e demais atividades da turma, ao que teve de ouvir várias observações contrárias, segundo as quais o mais importante seria o trabalho científico efetivo e, secundariamente, a prévia introdução mediúnica.

Mas não houve qualquer resistência, admitindo ela estar errada.



Apenas para registrar, dois dias depois, chegou a notícia de que Roberto havia sido aceito, pondo muitos corações mais sossegados.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui