Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
74 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56432 )
Cartas ( 21156)
Contos (12575)
Cordel (9965)
Crônicas (22082)
Discursos (3130)
Ensaios - (8873)
Erótico (13329)
Frases (42870)
Humor (18225)
Infantil (3701)
Infanto Juvenil (2514)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137728)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2385)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4611)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FLÂMULAS DO SER -- 30/12/2006 - 00:40 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


FIM DE ANO

Jan Muá

30 de dezembro de 2006





Há quem fale de fim de ano

Para se referir ao crepúsculo

E à fronteira do tempo

Que escorre na evanescência

Do ser que nos anima!



Os anos são segundos,

São minutos e dias

São instantes e tempos

Fluindo pelos nossos poros



São flâmulas queimando nosso rosto

E nossa pele



São quebras de energia que paulatinamente

Se escoa pelos músculos

Pelas células

E pelos neurônios



Os anos são mistérios fenecentes

De um ser aparecente confinado

Entre flâmulas de vida!



São aquela porção de energia

Que nos embala

Mas que se esgota na sucessão da festa

E da celebração!



Jan Muá

30 de dezembro de 2006

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 399 vezesFale com o autor