Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
72 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56412 )
Cartas ( 21156)
Contos (12573)
Cordel (9948)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (8871)
Erótico (13328)
Frases (42855)
Humor (18217)
Infantil (3699)
Infanto Juvenil (2512)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137705)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FLORES DE CACTO -- 17/03/2007 - 15:33 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




FLORES DE CACTO



Jan Muá

17 de março de 2007



Estas flores

Me encantam

Porque são especiais

E chegam à minha alma romanticamente envolvidas

Na música de Tchaikowski!





Deslumbrantes

Elas seduzem meus olhos

Emolduradas em sua veste natural



Brilham sensuais

Em sua mensagem de cor

Roxinhas vermelhas laranjas

E carmesinas em seus rostos

De pétalas

Devolvendo-me lembranças

Que levam minha alma até aos esconderijos da vida!



De pétalas impolutas

Ardem sensuais

Na pujante força do gineceu aberto

Vidradas no abraço do sol

Que as fecunda

E as torna prontas para a entrega!



São flores de cacto escondidas

E silenciosas

Que esquecem os espinhos

Determinadas a se tornarem lindas

E sedutoras

Sempre na divina rota do meu olhar!



Jan Muá

17 de março de 2007

12 horas





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 356 vezesFale com o autor