Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56716 )
Cartas ( 21159)
Contos (12581)
Cordel (10002)
Crônicas (22133)
Discursos (3130)
Ensaios - (8933)
Erótico (13377)
Frases (43184)
Humor (18330)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2591)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137941)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4715)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NÃO DEIXEM MORRER AS FLORES -- 21/05/2007 - 14:22 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
NÃO DEIXEM MORRER AS FLORES


Não, não deixem morrer as flores

Que florescem no meu coração.;

Pois são seus mais variados odores

A minha maior fonte de inspiração.



Se minhas palavras são coloridas,

Tão belas e ao mesmo tempo delicadas

É porque são como flores colhidas

Em uma manhã fresca e orvalhada.



Se meus pensamentos causam euforia

São porque a beleza do meu jardim

Encanta e emana amor e alegria

Mesmo nos momentos difíceis e ruins.



Não me julgue pela simplicidade

De minhas rosas amiúde colhidas

Pois elas só trazem na verdade

Um pouco de encanto e beleza à vida







ÚLTIMOS POEMAS PUBLICADOS:

FERIDAS


ETERNAMENTE ESQUECIDA


LEMBRANÇAS DE UM AMOR PERDIDO(6)

O AMOR NÃO MEDE SACRIFÍCIOS

A SAUDADE

MEU AMOR RESISTIRÁ

EM BUSCA DA VERDADE

NÃO DEIXES QUE O CAIR DA NOITE

QUANDO A SAUDADE TOMA CONTA

LAMENTOS

LEMBRANÇAS DE UM AMOR PERDIDO (5)

JUNTANDO CADA PEDACINHO

NÃO QUERO QUE O DIA AMANHEÇA

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui