Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
33 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56741 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43217)
Humor (18341)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->RATIONES SEMINALES -- 09/02/2001 - 00:34 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




RATIONES SEMINALES





Jan Muá

8 de fevereiro de 2001





Saibamos entender, filha de Ceres,

E olhar a máquina do mundo



A história do caule que orgulhosamente

Segurou, no alto da sua torre, a sementinha



A história da sementinha que amadureceu

Caiu sobre um torrão

E o fertilizou



A história da chuva que veio

Humedecer esse torrão

Reanimando a sementinha para gerar nova planta.



A história de outros caules que cresceram

E seguraram sua sementinha

No alto de suas copas



A nova história da sementinha que amadureceu

E despencou céu abaixo para o seio da terra

No abraço do calor da geo-mãe e do acalanto da chuva



A nova história da cápsula que abriu em longitude e latitude

E gerou a saga de novas plantas

E de novos caules



Na epopeia da grinalda verde

Que reveste a terra.







Brasília

Jan Muá

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 1434 vezesFale com o autor