Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56741 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43217)
Humor (18341)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A POESIA DO ENTARDECER -- 16/09/2007 - 18:43 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A POESIA DO ENTARDECER

Jan Muá

15 de setembro de 2007



Esteve presente o dia inteiro

Segurando a vida de toda a criação

E à hora vespertina

Na rota brasileira

Sinalizou um poético adeus

Aos bardos da praça

E de vulto carmezim

Paulatinamente embevecedor

Desapareceu

Dizendo que voltaria amanhã

Para garantir o pão e a vida

De toda a terra.



Jan Muá

15 de setembro de 2007

Brasília – Praça do Cruzeiro

18 horas

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 372 vezesFale com o autor