Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
122 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56608 )
Cartas ( 21127)
Contos (12502)
Cordel (9854)
Crônicas (21850)
Discursos (3121)
Ensaios - (9995)
Erótico (13199)
Frases (41606)
Humor (17732)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2329)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137019)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4497)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->LULA APLAUDE HOMENS SE BEIJANDO EM PALCO -- 24/01/2018 - 21:56 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Nosso querido País
Naufraga, afunda, soçobra
Pois ver homens se beijando,
Se enrolando feito cobra,
Na frente de ex-presindente,
Que chamou aquilo de obra,

Junto de parlamentares,
De uma ex-governadora
E de uma economista
Que se diz ser professora
É cena bem deprimente
E bem desrespeitadora.

Jamais em qualquer lugar,
Cena muito degradante
Foi vista por presidentes,
Ou mesmo por ex-mandantes.
Porém onde parlamentar,
Tem codinome de amante,

Ainda é investigada
Pelo crime de propina.
Nada pode-se esperar
De uma ex-mandarina.
Muito menos de bandidos.
Só merda sai da sentina!

Mas merda serve de estrume.
Ja aqueles espectadores,
Que o povo representam,
São mesmo uns impostores,
Roubam a nossa Nação
Ainda vivem de favores.

Para nada eles servem.
Estão indo pra cadeia.
O Molusco foi condenado.
Hoje entrou na peia.
Em breve o Petrolão
Vai comer uma outra ceia.

Contudo país que elege
Um sujeito analfabeto
Para ser seu presidente
Arranjou um desafeto
Pois é tratado por ele
Como se fosse dejeto.

A culpa porém é nossa.
Elegemos qualquer um
Não vatamos em um médico
Para votar num bebum.
Cachaceiro inveterado
Que bebe Cinquenta e Um.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA,JANEIRO/2018
Comentários

Eliana  - 26/01/2018

KKKKKKKKKKKK ....Poeta Henrique César brabo seu cordel porém divertido.
PARABÉNS.

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui