Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
29 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56723 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8936)
Erótico (13378)
Frases (43199)
Humor (18335)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2597)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137948)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4723)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->UMA PRIMAVERA QUE CHEGA -- 24/09/2007 - 15:12 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
UMA PRIMAVERA QUE CHEGA

Jan Muá

21 de setembro de 2007



Pujante em seus sinais

Ela rompe verde e jovem

Do ventre da terra



Aos olhos dos espectadores

Esplendem brotos vitalizados

Na sombra de silêncios vitais

E de misteriosos impulsos de vida



No alto do pino tem o sabiá

Instalado tradicional coreto

Onde orquestra com sabedoria

Sua bela canção do amor



A todos chega a doce melodia

Do seu canto solitário

Registrada como lógon

Representativo da estação!



Ela chega no bojo de um calendário exato

Na passarela do tempo

Cronometrado com sabedoria

Graças à energia escondida e preservada

No retiro de inverno



A primavera é abertamente saudada

Pelas sanfonas oficiais

Enquanto se abre em musical crescendo

E torna-se para os humanos em símbolo

E reserva de esperança nos territórios da terra



Seu ar de festa estará sempre

Nos jovens brotos dos pomares e dos bosques

No perfume das flores e na cor alegre das rosas

E também na azáfama dos passarinhos

Bem aplicados nas tarefas inadiáveis do Amor



Ela quer que todos os humanos percebam

Que a íntima energia que a embeleza

É energia comum a todos os ciclos operantes da terra

Esta energia é dos humanos também

Eles precisam só de a identificar

Precisam de se candidatar e de associar



Mas como tarefa mais urgente

Torna-se necessário que os filhos de Adão

Entrem na dinâmica do ciclo

Para que sua inteligência e sua sensibilidade se abram

E entendam que tal como os passarinhos e as árvores e a natureza inteira

Também eles hibernizam,outonizam,

Primaverizam e veranizam.



Se tomarem esta consciência

Também eles acharão natural

Que nas várias estações, a energia exploda,

Cresça ou decresça, hibernize,

E se transmute misteriosamente

Numa operação que a Madre natureza não explica a ninguém



Há que saber que participamos de uma vida

Que não conhecemos em seus misteriosos detalhes.



Se portanto a festa é nossa também, é natural

Que nela instalemos nossas emoções

Vivamos e nos realizemos em amimada festa renascente

Participando de uma energia que está chegando a nós

Com toda a força de primavera.



Jan Muá

24 de setembro de 2007

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 365 vezesFale com o autor