Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
69 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55217 )
Cartas ( 21066)
Contos (12156)
Cordel (9589)
Crônicas (21289)
Discursos (3112)
Ensaios - (9914)
Erótico (13140)
Frases (40120)
Humor (17564)
Infantil (3566)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135847)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O que Claudia quer da vida? -- 05/09/2004 - 17:21 (Ricardo Barreto Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




O que Claudia quer da vida?



Claudia quer dinheiro para fazer tudo que deseja.
Claudia quer comprar uma casa, uma moto
E colocar o filho numa boa escola.
Mas, acima de tudo,
Claudia quer encontrar um homem romântico,
Carinhoso e bom amante.
Claudia adora sexo e é apaixonada pela vida.
Claudia gosta de passear, se divertir e sentir prazer.
Por isso Claudia vive triste,
Pois não tem independência financeira.
Sua família não tem condições de lhe dar tudo que ela quer.
E ainda tem um filho para cuidar.
Claudia talvez não saiba, mas caiu numa armadilha.
Não teve o estímulo adequado para estudar,
Deixou-se levar por prazeres imediatos
E não procurou preparar-se
Para enfrentar a vida sem depender de ninguém.
Ela poderia ter sido uma médica, uma advogada
Ou qualquer profissão que lhe desse condições de manter-se sozinha.
Capacidade para isso ela tem,
Só precisava ter dirigido seu tempo
E suas energias noutra direção.
Mas ela ainda tem tempo para conseguir o que quer, ela é muito nova.
Aproveite o dinheiro que você vai ganhar do pai do seu filho e vá estudar
E especializar-se numa profissão.
Pois quando o dinheiro acabar você não estará mais precisando dele.
Você também vai encontrar alguém que vai lhe amar muito.
Pois você é uma pessoa boa, sincera, generosa, espontânea, corajosa
E merece todo o carinho e consideração que este alguém vai lhe dedicar.
Infelizmente não acredito que eu seja este alguém.
Você tem 22 anos, eu estou beirando os 60.
Daqui a 10 anos você estará no auge da sua capacidade
Física, intelectual e sexual e eu já nem tanto.
Você vai sentir necessidade de uma pessoa com o vigor igual ao seu
E eu não vou poder satisfazê-la.
Você seria infeliz ao meu lado e eu seria mais infeliz ainda vendo-a infeliz.
Um grande beijo deste que vai admirá-la para sempre:
Ricardo.
TORONTO
20/10/01

Obs.: Claudia foi registrada sem o acento agudo no a.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui