Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56706 )
Cartas ( 21128)
Contos (12515)
Cordel (9863)
Crônicas (21885)
Discursos (3121)
Ensaios - (9999)
Erótico (13200)
Frases (41685)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137071)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->ALCINDO MASCENA DANTAS -- 11/09/2018 - 11:36 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

ALCINDO MASCENA DANTAS
.
Viveu NOVENTA E DOIS ANOS
e TRÊS MESES de idade,
no dia 6 de setembro
partiu para a eternidade
ao encontro de DEUS
e familiares seus,
deixando eterna saudade.
.
Exemplo de amor à terra
que nasceu e se criou,
plantou e colheu os frutos
que seu trabalho gerou
com amor e dedicação,
cumpriu a sua missão,
muitas lições nos deixou.
.
Na mente e no coração,
permanece a sua imagem
de suas nobres virtudes
de honestidade e coragem...
pela sua trajetória
de vida e pela história,
MERECE A NOSSA HOMENAGEM.
.
Meu pai ALCINDO MASCENA DANTAS nasceu em 09.06.1926 no Sítio São João no município de POMBAL – PB e faleceu às 04:00 horas do dia 06.09.2018 no mesmo lugar onde nasceu, se criou e viveu a vida inteira.

Comentários

orlando Aires da Nóbrega  - 16/09/2018

Meus pêsames e os meus parabéns poeta, pela linda homenagem ao seu querido pai
a vida segue cada um vem cumprir o seu papel, mas tudo que tem começo, tem fim. Taí. sugiro como um Mote: tudo que tem começo tem fim. Um abrção Poeta.

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 37 vezesFale com o autor