Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
84 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55559 )
Cartas ( 21086)
Contos (12203)
Cordel (9644)
Crônicas (21410)
Discursos (3115)
Ensaios - (9923)
Erótico (13155)
Frases (40529)
Humor (17582)
Infantil (3581)
Infanto Juvenil (2319)
Letras de Música (5428)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136165)
Redação (2882)
Roteiro de Filme ou Novela (1040)
Teses / Monologos (2376)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4272)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->CUNHA, IMPEACHMENT E A DIFÍCIL ESCOLHA -- 15/12/2015 - 18:15 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Se a coisa já estava preta para Eduardo Cunha, agora acabou de vez. Hoje pode ter sido um dos piores dias na vida do Presidente da Câmara dos Deputados. Logo ao raiar do dia, a Polícia Federal invadiu sua casa e seus escritórios em Brasília e no Rio de Janeiro para recolher documentos, muito provavelmente para confirmar uma série de denúncias de recebimento de propinas da Petrobras. No fim da manhã o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou o relatório que pede a continuação do seu processo de cassação do mandato de deputado. Quer dia mais ruim do que esse? Embora seus aliados tenham tentado várias manobras para adiar mais uma vez a reunião do Conselho de Ética, dessa vez não foram bem sucedidos. Como vem fazendo desde o início da denúncia, Eduardo Cunha disse que usará de todos os meios e até recorrer ao Supremo Tribunal Federal para anular a sessão de hoje; mas as chances de que venha obter sucesso são pequenas, ainda mais com a ação da PF que, além de atingi-lo diretamente, colocando-o no centro das investigações, vários de seus aliados mais próximos também sofreram ações da PF. Ou seja: definitivamente o cerco está se fechando e muito provavelmente veremos nas próximas semanas a confirmação de mais crimes cometidos por ele. Talvez até mesmo a sua prisão, já que está bem claro o quanto o parlamentar do PMDB vem atrapalhando o processo contra si. Embora Eduardo Cunha ainda mantenha o poder na Câmara e controle a maioria dos parlamentares do PMDB, novas provas contra si ou até mesmo a sua prisão enfraqueceria essa ala, a qual vem manipulando o partido para romper com o governo Dilma. Aliás, ainda é cedo para fazer uma previsão, mas a queda de Cunha enfraquece e muito o processo de impeachment da chefe do Governo. Portanto, aqueles que querem a destituição da presidenta está no fio da navalha. Eles terão de optar entre Cunha, para que o impeachment tenha mais chances de sucesso, ou ver o processo de impeachment ir por água abaixo, mas ficar livre do sujeito mais perigoso que já ocupou a presidência da Câmara dos Deputados. Qual é sua escolha?

LEIA TODOS OS TEXTOS DA SÉRIE "GRANDES PENSAMENTOS"
(01) (02) (03) (04) (05) (06) (07) (08) (09) (10) (11) (12) (13) (14) (15) (16) (17) (18) (19) (20) (21) (22) (23) (24) (25) (26) (27) (28) (29) (30) (31) (32) (33) (34) (35) (36) (37) (38) (39) (40) (41) (42) (43) (44) (45) (46) (47) (48) (49) (50) (51) (52) (53) (54) (55) (56) (57) (58) (59) (60) (61) (62) (63) (64) (65) (66) (67) (68) (69) (70) (71) (72) (73) (74) (75)

ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO RECANTO DAS LETRAS
NO FACEBOOK
TWITTER
GOOGLE PLUS



Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 266Exibido 563 vezesFale com o autor