Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
37 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56739 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43216)
Humor (18340)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2387)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->OUSADIA -- 22/03/2008 - 20:22 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


OUSADIA

Giusto Io

22 de março de 2008



Ousar

É ato indispensável

Para abrir

Entrar

E conhecer



Aberto o mundo

É só tentar equilibrar-se

Nos lances surrealistas

Da entrada

E da caminhada



Surgirão formas

E espaços

Tantas e tantos

Tão variados

Sugestivos

E vitais

Que pela sua ontológica feição

Te levarão a sentir

E a entender

Que o estatuto da ousadia

E da entrada

É a milagrosa propedêutica

Do caminhar



Ousa por isso

Sabendo que só palpando a realidade

Em sua reveladora derme

Entenderás melhor

E sentirás

Que é profundo e infinito

O mergulho existencial

Na vida



Mas permanece Minino

De olhos cândidos

Procurando ser capaz

De brincar e tocar

Com a seriedade de um deus

As formas

Primigênias e avançadas

Reveladoras da origem

Onde reside

O segredo da vida

Que os humanos buscam



Em nenhuma circunstância

Ofendas teus olhos

Não os entregues à rotina

Ousa sempre

E caminha em ritmo

O mundo se abrirá para ti

E sempre que ele se abrir

Irás conhecê-lo melhor

E senti-lo mais perto ainda!





Bela Vista, 22 de março de 2008

Giusto Io

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 336 vezesFale com o autor