Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
74 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54795 )
Cartas ( 21052)
Contos (12085)
Cordel (9481)
Crônicas (21041)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13117)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135497)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Teses_Monologos-->AS PERGUNTAS QUE KARDEC NÃO FEZ -- 24/05/2003 - 10:46 (wladimir olivier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
WLADIMIR OLIVIER

INTRODUÇÃO AO TEXTO

AS PERGUNTAS QUE KARDEC NÃO FEZ não haverá de ser obra acadêmica mas popular, segundo o ponto de vista de que os questionários primam pela singeleza e pela pureza de intenções de caráter primitivo. Não pretendemos cercar os temas do ponto de vista das circunstâncias científicas ou filosóficas do desenvolvimento humano. Queremos prestar ajuda aos menos dotados de tempo, aqueles que se satisfazem em procurar os centros espíritas para receberem as primeiras noções doutrinárias.

Para os assuntos mais complexos, existem as obras da Codificação Espírita e outras na vastíssima bibliografia mediúnica. Contudo, teme-se que os eventos mundanos ultrapassem os limites dos conhecimentos registrados, de forma que outros aspectos novíssimos dentro do padrão da modernidade quedem de fora das considerações inteligentes dos espíritos de luz.

Resta categorizar-nos para que não paire dúvida quanto à generosidade de nossas intenções, para o que, desde logo, anunciamos a nossa matrícula na ESCOLINHA DE EVANGELIZAÇÃO, sob a custódia evangélica do Professor Jeremias. Discutiu a classe a respeito da necessidade de atribuir-nos um nome e chegamos à conclusão de que não tínhamos resposta plausível para nos designarmos de forma especial. Fique, portanto, registrado que somos o GRUPO DAS PERGUNTAS, e só.

— Quem irá realizar a primeira questão: o aluno mais adiantado ou o mais atrasado? — perguntou Jeremias.

Assinale-se que essa foi eleita como a mais jovial de todas as que realizaremos. As outras se caracterizarão como sérias, oportunas e próprias.

Recomendamos ao médium que não imagine nenhum tema de seu interesse. Deixe a responsabilidade das perquirições e respectivas respostas ao grupo e escreva com desenvoltura, sem medo de estar laborando em erro. Talvez, de início, possam parecer muito piegas as interrogações, mas vá em frente até firmar o conceito de que o texto poderá vir a ser útil para os leitores encarnados. Caso contrário, guarde o trabalho para volver a ele no futuro, quem sabe sob os auspícios de turma mais afinada com as diretrizes metodológicas que procuraremos satisfazer.

Uma prece para Jesus inspirar-nos?

Jesus, irmão maior de amor e bondade, volva seu olhar de ternura para este conjunto de seres imersos na luta pela restauração dos males que causamos e promova uma revolução nos conteúdos mentais que nos assoberbam as consciências de preocupações, diante da perspectiva deste trabalho de alta responsabilidade. Envie-nos um de seus guias de luz, para encher-nos de sabedoria os espíritos, sempre no intento sagrado de aprender e de ensinar. Nós muito lhe agradecemos por estarmos usufruindo o direito de nos achegar ao plano material, por havermos avançado um pouquinho no entendimento das leis e de sua aplicação prática no campo da imantação e da transmissão mediúnica de bom calibre. Não permita que nossa linguagem decaia para as expressões mais grosseiras dos que não se dedicaram aos estudos, porém, favoreça-nos a vigilância para que tudo o que redigirmos seja de imediato compreendido e empregado na vida diária dos leitores de boa vontade. Consinta que, em tempo hábil, toda vez que alguém se aproximar dos conceitos que tivermos a honra de expender e estiver qualificado para assimilar mais do que houver sido anotado, que possamos estar presentes para haurir de seus raciocínios. Que este pedido sirva para estimular a criatividade dos amigos e que nunca nos falte quem nos auxilie a desenvolver novas idéias para futuros empreendimentos neste mesmo setor. Que Deus nos ampare e nos aumente a fé no poder dos espíritos guardiães, com quem contamos para que dêem frutos as sementes que estamos vindo plantar. Assim seja.





ÍNDICE

Introdução ao texto
Primeira parte
Segunda parte
Terceira parte
Quarta parte
Referências bibliográficas


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui