Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
33 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56823 )
Cartas ( 21161)
Contos (12583)
Cordel (10010)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8953)
Erótico (13387)
Frases (43338)
Humor (18382)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138023)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4764)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->INTENSIDADES DO EU -- 07/12/2008 - 03:07 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
INTENSIDADES DO EU

Giusto Io

3 de dezembro de 2008



Há silêncios concentrados

Nas margens subterrâneas

Das obscuras intensidades

Do eu

Escapando pelas frestas do céu

Chegam divinas brisas de vento

Que avançam como filigranas artesanais

De visitas especiais

No trote balançante da surpresa

Vence a impressão de que estão sendo puxadas por hábeis quadrigas de luxo

Indiferentes aos rumores

elas vão andando

Por estradas e caminhos imperiais versáteis

Ágeis e graciosas

Inventando rumos.

No tráfego da noite

Atravessando paisagens

E bermas de rotas engalanadas

Renascem criaturas vindas do nada

A caminho de cidades irreais

Há delírios de festa

Como em castelos senhoriais

Mas tudo termina

Num forte e tranquilo cenário

De paisagem natural

Num quadro branco de garças quietas



Como se estivéssemos

Junto às águas marulhantes

De um lago

Com a presença também

De alguns biguás solitários

Pousados nos paus secos ribeirinhos deixados pelas cheias

Imagem contrastante da escuridão.





Giusto Io

03 de dezembro de 2008

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 368 vezesFale com o autor