Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
65 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56412 )
Cartas ( 21156)
Contos (12572)
Cordel (9948)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (8870)
Erótico (13328)
Frases (42855)
Humor (18217)
Infantil (3699)
Infanto Juvenil (2512)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137703)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->HÁ QUE DERRETER UM POUCO -- 02/02/2009 - 10:28 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


HÁ QUE DERRETER UM POUCO!

Jan Muá

Porto, 29 de janeiro de 2009



Há que derreter um pouco

Há que amenizar as emoções

Há que imitar o comportamento das montanhas

E simular a geofísica dos nevões



Há que enternecer-se com o que acontece

Nas serras altas e nobres,

Geladas e puras

De Portugal



Há que olhar de olhos brandos

Os picos gelados

Que ao beijo natural do sol

Se vão amorosamente derretendo



Há que ceder um pouco

Quando precisamos de amenizar as emoções

Há que aprender com a natureza

E amaciar os corações!...



Jan Muá

29 de janeiro de 2009
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 501 vezesFale com o autor