Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
92 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56429 )
Cartas ( 21156)
Contos (12574)
Cordel (9960)
Crônicas (22082)
Discursos (3130)
Ensaios - (8872)
Erótico (13328)
Frases (42865)
Humor (18224)
Infantil (3700)
Infanto Juvenil (2514)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137725)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4610)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->OUTRAS TERNURAS -- 24/03/2001 - 22:57 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




OUTRAS TERNURAS



Jan Muá

24 de março de 2001







São meus olhos que te vêem

Iluminada

Em trajes naturais

E rejubilam



É belo teu rosto

São belos teus olhos

Teus lábios teus flancos

Tua cor e teu corpo...



Tudo é lindo em ti

Porque és natural e jovem



Estamos frente a frente

Corpo a corpo

Em delírio de emocionante encontro

Buscando a vida



Olhando-te

Meus desejos perpassam pelo teu corpo

Minha emoção pela tua alma

Meus lábios por teu rosto e tua boca



Irresistivelmente me olhas

E eu iluminado pelos deuses e pelo Sol

Acedo ao teu desejo entre afagos

E entre roxas orquídeas de amor

Acolho a ecológica mensagem

Da biodiversidade

Que legitimamente representamos

Em clima de colorida ternura

Nos dourados areais do Araguaia.





Jan Muá

24 de março de 2001

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 669 vezesFale com o autor