Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
126 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55929 )
Cartas ( 21109)
Contos (12416)
Cordel (9754)
Crônicas (21606)
Discursos (3119)
Ensaios - (9947)
Erótico (13172)
Frases (41013)
Humor (17614)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2322)
Letras de Música (5434)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136489)
Redação (2884)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4429)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->... DO ROSTO DA DONZELA ! (Soneto) -- 06/03/2009 - 13:20 (Armando A. C. Garcia) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

... DO ROSTO DA DONZELA !

Eis o que sobrou do rosto da donzela
Turva náusea que a mascara dissimula
Envelheceu tão de repente, qual mazela
Que tirou dela seiva que a estimula

Seus olhos pálidos, macilentos, sem brilho
Já estrangulada na garganta sua voz
Para abafar o nefasto espartilho
Força invisível que lhe sustenta o cós

Dos encantos da adolescência desprovida
- Das púrpuras eras foste esquecida
Hoje, por piedade, alguns te dão bom-dia

Sem exprimir ternura, nem mesmo alegria
Insólita ruína, extensão da sina dorida
O esvoaçar da idade no sonho se estendia


São Paulo, 06/03/2009
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br
Visite meu blog: http://brisadapoesia.blogspot.com

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui