Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
41 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56709 )
Cartas ( 21159)
Contos (12581)
Cordel (10002)
Crônicas (22133)
Discursos (3130)
Ensaios - (8932)
Erótico (13377)
Frases (43182)
Humor (18330)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2591)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137939)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4712)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CROISSANTERIA CANDANGA -- 03/08/2010 - 01:16 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
CROISSANTERIA CANDANGA



Jan Muá

2 de agosto de 2010



Está gostosa esta croissanteria candanga

Estão convidativas as mesas

As cadeiras

O ambiente feérico

Gostoso o chá verde importado

A hospedagem da noite

E o manto romântico

Que se respira nesta nesga do Planalto

Que se preparou com arte para receber

Especiais clientelas

E envolver os visitantes

Mostrando seus olhares

Seus gestos

Seus discursos

E suas parcerias alegres e bem vestidas

Há no conjunto um desenho sugestivo

Presente nos silêncios

Nos sorrisos

E nos carinhos dos casais

Nos cardápios

E no capricho dos garçons

Nas mesas sutilmente iluminadas

Com luz tênue

Junto aos canteiros modernos e bem tratados

Uma croissanteria

Onde a noite te acolhe

E onde tu acolhes a noite

Com o embalo da alma enlevada

Que tiveres

Num mergulho de renovação poética

Que te fará bem para toda a eternidade!



Jan Muá

2 de agosto de 2010

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 246 vezesFale com o autor