Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
72 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56412 )
Cartas ( 21156)
Contos (12573)
Cordel (9948)
Crônicas (22079)
Discursos (3130)
Ensaios - (8871)
Erótico (13328)
Frases (42855)
Humor (18217)
Infantil (3699)
Infanto Juvenil (2512)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137705)
Redação (2905)
Roteiro de Filme ou Novela (1051)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4608)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ESPAÇO ESTREITO -- 04/08/2010 - 20:16 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


ESPAÇO ESTREITO

Jan Muá

4 de agosto de 2010



Como na vida

Me surpreendi na mata do parque

Com um espaço estreito.



É um corredor com sinais de vida

Mas em suas margens há folhas caídas

Prostradas e adormecidas

Que foram guerreiras outrora.



De mistura há viridentes folhas

Acavaladas em seus ramos

Que representam os novos guerreiros

Da clorofila na mata.



As viridentes folhas estão fincadas

Em seus ramos

Confiantes na força do tronco.



Elas se perfilam

Quando recebem de manhã

O beijo do sol

Que garante a esperança de vida

Na terra.



Jan Muá

Brasília 4 de agosto de 2010

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 197 vezesFale com o autor