Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
125 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56600 )
Cartas ( 21127)
Contos (12498)
Cordel (9854)
Crônicas (21849)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17728)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SAUDADE... -- 21/01/2011 - 07:55 (Maria Hilda de J. Alão) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos





SAUDADE...
 
Maria Hilda de J. Alão
 
 
Saudade de infantis e velhas cantigas,
Dos amigos, do jogo de peteca,
E das brincadeiras de rodar o pião.
Saudade de tirar o grão das espigas
E do sabugo fazer uma boneca.
Saudade de soprar bolas de sabão.
 
Saudade de tocar o dia inteiro
A flautinha de taquara.
Saudade de fazer do miolo de pão
Bolinhas e jogar no terreiro.
Saudade de ver, na manhã clara,
Subir as bolas de sabão.
 
Saudade de crer em gnomos orelhudos,
De colher, no pé, roxas amoras,
E de esmagá-las como distração.
Saudade de ser curioso e mesmo abelhudo.
Saudade de ouvir: “já pra casa sem demora”,
E de ver sumir as bolas de sabão.
 
Saudade de espiar no zoológico a serpente,
De acompanhar um pato que nada.
Saudade de pensar ser verdade a ilusão.
Saudade de ver a maninha inocente
Correr desesperada
Atrás das bolas de sabão.
 
21/01/11.
 


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 474 vezesFale com o autor