Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56823 )
Cartas ( 21161)
Contos (12583)
Cordel (10010)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8953)
Erótico (13387)
Frases (43338)
Humor (18382)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138023)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4764)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SANTA CRUZ -- 30/06/2011 - 23:03 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






SANTA CRUZ

Jan Muá

Brasília, Carpe diem

30 de junho de 2011



Está na frontaria da igreja

Frente ao Carpe diem

Feericamente iluminada

Rubra jaz

No silêncio da noite

Símbolo ígneo

Contra as arremetidas

Do negro cão

Cidadãos

Passam ao lado

Mas a olham precavidamente como segurança

E amuleto frente ao rosto estranho da noite

Olham temerosos

Mas em nome do signo

Se benzem

E partem confiantes

Como quem leva no bolso um selo da proteção

Para a eternidade.



Jan Muá

Carpe diem

30 de junho de 2011



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 150 vezesFale com o autor