Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
139 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56951 )
Cartas ( 21165)
Contos (12585)
Cordel (10048)
Crônicas (22174)
Discursos (3133)
Ensaios - (8976)
Erótico (13389)
Frases (43473)
Humor (18423)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2650)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138131)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4819)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->O ângulo é fundamental -- 24/04/2010 - 23:51 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O ângulo é fundamental

Olhe só. Li num desses jornais de metrô, na parte dos classificados: a moça se dizia tão incrível, gostosa, educada, carinhosa, boa de cama, discreta...e bela. Tão incrível que, segundo ela mesma, não entendia por quê havia virado menina de programa. Puta, na verdade. É : porque essa coisa de chamar de “menina de programa”...sinceramente, nada a ver. Menina é minha filha de doze anos, minhas sobrinhas de quinze, dezesseis. Essas são meninas. As putas na realidade são putas e pronto...

As putas são mulheres. Mulheres como a tua, a minha, só que com outros problemas para resolver...

Pode parar. As putas não são mulheres como as nossas, elas são sem vergonhas.

Bom, deixe assim. Não vamos brigar por causa das putas, não porque eu ache que elas sejam menos do que ninguém, mas porque eu não entro em discussão que sei que não vai levar a nada.

Peraí : as discussões levam sim a algo, sempre. Nem que for a nunca mais querer falar com quem discutiu contigo, mas levam.

Não, você não entendeu o que eu quis dizer : quis dizer que não vamos mudar de opinião, provavelmente, nem eu nem você.

Mas confesso que estou curioso: por que você acha que a tua mulher e a minha são iguais às putas? Ou melhor : acho que depois disso, você me deve uma explicação, ...

Veja : se você contar em itens, o que diferencia a tua mulher e a minha, de uma puta, provavelmente só vai restar a forma como levam a vida sexual. Porque o resto, pouco varia.

Cara, você me surpreende. A tua mulher sabe que você pensa assim?

Bom...deixe-me ver...não, acho que não. Acho que nunca tocamos nisso, mas se eu falasse acho que ela concordaria comigo.
A Sílvia, concordar contigo em que ela só se diferencia de uma puta por causa do tipo de vida sexual? Vamos lá, Alex, não brinque comigo...

Taí : eu não sei. Ela não ia se ofender, no fim das contas vive falando em ter uma boa cabeça- entre aspas- , em igualdade feminina...

Isso nada tem a ver com igualdade feminina. A igualdade entre homens e mulheres.

Tem a ver sim, de certa forma...Você transa a hora que quiser com uma mulher que mal conhece e ninguém vai achar que você é menos por isso. Agora, se for mulher...Bom, claro : tem a ver mais com tipo de questão social, para as quais ela também é sempre aberta...Acho que vou tocar no assunto só pra ver o que dá. Nunca tinha pensado...

Cuidado, velho : pode se dar mal dependendo de como você falar.

Vou dizer que estava discutindo esse assunto contigo!

Não me meta em enrascada, a minha mulher eu já sei como pensa, e se eu afirmasse isso, ia dormir fora de casa!
--------
Oi, bem.

Oi. Tudo bem hoje? Conseguiu pagar o consorcio da Dani?

Sim, paguei. Aliás, com multa, né bem? Sempre que você deixa pra eu pagar, já me dá com mais de uma semana de atraso, mas enfim : tá pago.

Obrigada, amore. Vamos à janta.

Vamos indo, a gente vai conversando.

O que houve? Você nunca anuncia "vamos conversando"...você não costuma falar desse jeito.

Desencana. É que estava conversando com o Ton, e me surgiu uma dúvida. A gente teve uma conversa idiota e eu disse a ele algo, e ainda afirmei que você iría concordar comigo...

Fale.

Vocês mulheres são seres muito especiais.

Somos.

Mas sério, eu disse que na realidade as diferenças entre as prostitutas e as demais, são pouquíssimas, que vocês- mulheres como as nossas- são diferentes no sentido de...de não precisar nem querer vender o corpo, digamos...Mas se bem que se a gente pensar melhor...por exemplo, essas modelos que fotografam para revistas masculinas...

Você repita por favor o que está dizendo, Alex. Eu não tô ouvindo direito, só pode ser...Você tá dizendo que eu (sua mulher, mãe dos seus filhos, que dou um duro lascado para ajudar em tudo a minha família...que tenho projetos pessoais com a minha profissão, você está me dizendo que eu...

Calma, Sílvia, peraí, estamos só conversando...Você defende tanto as mulheres na sua forma livre de pensar e de fazer o que bem entendem que...sinceramente, eu achava que você iria concordar comigo com o fato de que a maioria das prostitutas não faz por dinheiro porque quer, mas porque não teve saída...
Você ta dizendo que você acha que A ÚNICA COISA QUE ME DIFERENCIA DE UMA PUTA É QUE EU NÃO COBRO PRA FAZER SEXO? A sua observação não tem lógica nenhuma, e é até ofensiva...

Não, amor, claro que não. Eu quis dizer...veja bem...por exemplo, se a gente pensar em que uma puta não tem para onde ir, não tem como se virar na vida, ela é como nós, aliás, ela é como eu também : eu se fosse mulher e não tivesse como ganhar a vida....

Você ia se lascar, isso sim. Você não ia ter coragem ia? Precisa-se de muita coragem ou no mínimo, muita falta de amor próprio ora fazer isso, puta merda, os homens!

Espera, amor, você está levando para o pessoal...

Ah, é? Não é pra levar? Porra, Alex, você agora acabou de dizer que eu e a Márcia somos iguais às putas, só nos diferenciamos porque não precisamos vender o corpo para viver...que notícia esquisita para ser dada por alguém que teve três filhos comigo!

Meu Deus, amor. Não tá entendendo nada, você...

Não tô mesmo não, nunca fui comparada com uma puta! A não ser pelo meu marido, hoje. O que acha?

Ah, não dá. Eu vou sair, depois eu converso mais, assim não dá.
É isso, saia sim, porque conversar assim com você achando o que acha, acho muito complicado...
----

Oi, Ton. Tudo bem?

Tudo bem nada. E você?

Também não.

O que houve?

Ah, o que houve...que você tinha razão...a minha mulher se ofendeu com o que perguntei...

Puta merda...a minha já foi o contrário...

O quê???

Sim. A minha mulher, que eu tinha certeza de que se irritaria pacas, achou que você está certo: “só nos separa das mulheres prostitutas isso mesmo, no fundo elas são lutadoras, são incríveis, são guerreiras, são sofredoras...” Caralho, eu nunca imaginaria...e ainda me deu de cima: “você,bem, é um troglodita, sabia? Abre essa cabecinha!”
Terminamos a conversa nesse tom, um brigando com o outro, porque eu falei que então fosse dar por aí, já que do jeito que ela falou, parecia que achava bom dar pros outros...

O que??Você disse isso pra sua mulher? Mas é uma anta mesmo. Como pode? Taí, eu não esperava que a sua mulher entendesse do jeito que eu tava querendo que a minha entendesse...e ela mostrou que pensa!

Peraí, Ô Alex: como assim,”ela pensa”? Acha que minha mulher é o que? Porra, meu, acho que as coisas estão muito esquisitas...Agora tu vai ficar com tesão pela minha mulher, vai?

Eu não acredito...não creio que estou ouvindo isso...Mêu, eu to achando que tua mulher tem razão: tu tá igual a um troglodita! Só dizer que a tua mulher tem cabeça que você acha que estou atraído por ela?
eu tô achando que pela primeira vez a tua mulher me surpreendeu, que eu achava ela muito mais presa a tradições do que a minha, e taí : ela mostrou ser mais racional, atualizada e até preparada do que a minha, que quase me expulsa de casa. Ficou extremamente ofendida...pode?
Minha mulher, a Sílvia com pós graduação...

Foi mal, cara. desculpa aí. Mas é que do jeito que tú tá falando...mas deixe pra lá...tenho mais com o que me preocupar.
Só que pensa bem, Alex. Pensa no que você falou pra ela, mêu... Não é uma coisa muito legal você dizer pra sua mulher que a única coisa que a diferencia de uma prostituta é a forma como encara o sexo...

Pois então, não vamos nunca nos entender nisso. Já expliquei, mas não adianta. Me responde, o que é uma prostituta pra você?

A mesma coisa que um prostituto...Só que mulher...

A mesma coisa que um cara que vende o corpo por dinheiro...você acha que fazem porque gostam?

Imagino que muitos não...Mas a maioria...será que não? Eu acho que sim...Vai vender alguma coisa, vai lavar banheiro, mas isso...

Não é assim tão simples..."Vai lavar banheiros"...Aliás, lavar banheiros é um trabalho, geralmente com carteira assinada, respeitabilíssimo, e para empregar alguém para lavar banheiro, tem que a pessoa fazer parte de muita coisa: ter cé pé efe, registro, endereço...etc, etc...Já pensou nisso?
Então...Esses que transam por dinheiro porque não tem outra opção, então, seriam como nós sem opção nenhuma...não achas?
Os outros...para mim, também..mas deixe esses de lado... Só para tentar entender a opinião da minha mulher...E a sua, claro...

Eu sei lá. Cara. Só sei que agora fico bastante grilado com a minha mulher...

É de rir. Também fiquei. Não to dormindo no quarto, ficou de cara feia pela manhã, ta me ignorando...enfim, tudo por uma discussão idiota...

Eu avisei...

Avisou mas também se ferrou...Mas...por que você fica "grilado" com a sua?

Sei lá... No fundo, acho que vocês estão certos, mas não consigo sentir isso, entende? A mente me diz que sim, mas eu não imagino minha mulher fazendo sexo por dinheiro...
E do jeito que ela falou, parece a coisa mais tranquila do mundo...

Mas quem pede pra você imaginar isso?

Ah, indiretamente ela pediu...

Não, não, não. Meu, tu tá louco...nada disso, ela só se colocou no lugar das outras...ôps!

Então,...Cê acabou de confirmar: fácil ; fácil...ela se colocou muito fácil no lugar das outras, então se ela precisasse, seria fácil ...

Só dá pra falar uma coisa : você parece que só pensa merda. E a minha mulher, que eu achava tão despojada de algumas tradições, taí : a tua deu-lhe um banho...

É. A minha riu da minha cara. Como pode? Eu fiquei arrasado, cara. O pior é que está me matando esta minha sensação,...eu já nem sei falar...

Sensação? Ficou inseguro, hein? Com ciúmes. É isso, Você ficou com ciúmes...

Não, acho que fiquei...decepcionado..

Mas não devia.A Sílvia, sim, me decepcionou. Não consegue pensar sem preconceito, achando que estava ofendendo ela...Pós-graduada...como pode?

Você achava que eu tinha casado com uma burra, né?

Claro que não, não acho a minha nada burra,mas a opinião dela me assustou...

Que nada, a tua valoriza o que ela é...

Putz, Ton...Olha só a menina que vem aí, cara...De leve, olha só sem dar bandeira...

Mas...tenho que virar...posso?

Peraí, só um pouquinho...que pernas, cara...porra que pernas...acho que essa sim é menina de programa...

Menina? Menina mesmo?...

Pela roupa, o jeito de andar. Mas é um avião, um “boing” ...olha lá!
Olha agora, velho, olhe...

Nossa, que monumento...Porra, meu... “carái véi...”é a minha sobrinha!
Alex, que bosta: é a filha do meu irmão!!!!!!!!


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 386 vezesFale com o autor