Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
130 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56399 )
Cartas ( 21119)
Contos (12484)
Cordel (9833)
Crônicas (21794)
Discursos (3122)
Ensaios - (9978)
Erótico (13197)
Frases (41439)
Humor (17685)
Infantil (3603)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5445)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136913)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4474)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Hoje, apenas hoje -- 17/12/2012 - 12:09 (maria da graça almeida) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Hoje, apenas hoje
maria da graça almeida

Hoje, apenas hoje, euforia esbanjo...
Com novo canto, acalanto a crença dos santos;
visto-me de anjo, a soar novo banjo;
cubro com manto os desvarios de tantos.

Hoje, apenas hoje, fantasias esbanjo.
coloco um véu branco e no espelho me arranjo.
De azul pinto os sonhos, a sonhar com doçura,
só os sonhos azuis não me trazem amargura.

Hoje, apenas hoje, alegria esbanjo...
Com ares risonhos, apago o passado.
os fantasmas tristonhos ponho de lado
e, ao me deitar, durmo, enfim,sossegado.

Hoje, apenas hoje, sorrisos esbanjo.
Aceito o inevitável, sacio o insaciável,
creio no incrível, vejo o invisível,
venço o invencível, atinjo o inatingível,
possibilito o impossível, sensibilizo o insensível,
desfaço-me das asas e, íntegra, volto pra casa.

Hoje, apenas hoje...

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui