Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56739 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43217)
Humor (18340)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->O valor que se dá -- 27/04/2011 - 21:06 (valentina fraga) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O valor que se dá



As lembranças estão no passado,

e de tão grandes, não cabem no presente,

nem com "jeitinho", aquele que é companheiro

do desejo e da loucura.

Somos sempre o momento, o hoje e o pra sempre,

sempre que houver.

O para trás, que fique por lá mesmo,

no espaço que lhe foi conferido,

pois sempre que volta, remexe em muito

no que foi bom, mas principalmente o que

não trouxe tanta alegria,

mesmo que venha tão avassalador como foi.

Elas voltam soprando suaves nos ouvidos

ou em cólicas como parturientes em vias de fato.

Elas voltam, sempre voltam! O remédio para cura-las?

É voltar o olhar de dentro para fora.

É olhar em volta, e ver que o mundo está diferente,

atropelando as horas, dias, meses e anos.

E que em breve, muito breve,

nada disso terá valor,

então, o valor que se dá a coisas e sentimentos,

deve ser o valor que eles tem,

e nenhuma virgula ou centavo a mais.



Valentina Fraga

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui