Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
123 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56462 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9844)
Crônicas (21809)
Discursos (3123)
Ensaios - (9983)
Erótico (13198)
Frases (41494)
Humor (17696)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136956)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Sozinho no mundo -- 06/09/2011 - 20:12 (José Ronald Cavalcante Soares) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

De repente, viu-se só no mundo. Todos partiram. Restaram caras estranhas, rostos não familiares. A solidão definitiva arremessou-se sobre os seus ombros com um pesos insuportável, asfixiando os seus pulmões, pressionando o seu coração, retirando-lhe todo o alento para viver. Os olhos, refletindo a dor que sufocava o seu íntimo, ficarma turovos e inundados. Chorou silenciosamente. O pranto escorria morno e copioso. Tentou gritar, mas havia um bloqueio em sua garganta e o som não passava pelas cordas vocais. Estava à beira do desespero. Não tinha para quem apelar. E o choro continuava tumultuando o peito.
Transpirava muito. Não podia calcular quanto tempo mergulhara naquela situação crítica, naquela solidão monstruosa. Procurou se enxergar no espelho, mas o espelho não refletia as sua imagem. Será que morri? Perguntava a si mesmo.
Aos poucos, começou a escutar uma voz familiar, muito longe, bem longe. Depois, foi sacudido por mãos alvas e macias. O que está acontecendo? Ouviu nitidamente. Era a mulher, vinda do ignoto, tentando acorda-lo daquele hediondo pesadelo.

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui