Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56917 )
Cartas ( 21164)
Contos (12585)
Cordel (10041)
Crônicas (22162)
Discursos (3133)
Ensaios - (8972)
Erótico (13389)
Frases (43440)
Humor (18410)
Infantil (3757)
Infanto Juvenil (2644)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138081)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2399)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4807)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->COMO PODERIA ESQUECER? -- 12/07/2005 - 17:06 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
COMO PODERIA ESQUECER?


Como poderia esquecer daquela cena
Em que você nua, deitada no meu leito,
Acariciava da forma mais obscena
O meu teso falo com tua falta de jeito?

Como eu poderia esquecer os contornos
Tão preciso do teu corpo de menina?
Como eu poderia esquecer os pequenos
Lábios a gemer com uma voz tão fina?

Como poderia esquecer de minha mão
Pra lá e pra cá em tua vulva úmida?
Nem que de anos passe um milhão
Não vou me esquecer, minha querida!

Ainda me lembro do gozo chegando,
Do prazer deixando-me a vista turva
E do sêmen jorrando e se espalhando
Entre teus seios, feito pingos de chuva.


LEIA TAMBÉM
O DIÁRIO DE ANA CARLA - VII
ELA É UMA TENTAÇÃO
QUANDO A NOITE CHEGA
NAS NOITES FRIAS DE INVERNO
O DIÁRIO DE ANA CARLA - V
DESSE TEU PURO MEL VIRGINAL
O DIÁRIO DE ANA CARLA - IV
O DIÁRIO DE ANA CARLA - III
O DIÁRIO DE ANA CARLA - II
O DIÁRIO DE ANA CARLA - I
QUANDO A NOITE SE TORNAR FRIA
PENSAMENTOS IMPUROS
TEU CORPO
Ó VULVA INQUIETA!
QUANDO O PRAZER ENTRA EM CENA
O DEFLORAMENTO DA VÍRGEM
TEUS LÁBIOS NO MEU FALO
UMA NOITE DE AMOR
PENSAMENTOS ERÓTICOS (6)
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui