Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
141 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56900 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9881)
Crônicas (21940)
Discursos (3124)
Ensaios - (10030)
Erótico (13216)
Frases (41955)
Humor (17829)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2347)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137243)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Mega Sena -- 19/10/2012 - 22:49 (José Ronald Cavalcante Soares) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Foi um dia muito agitado. Acordou tarde e chegou atrasado ao trabalho, justamente no dia em que tinha sido convocadfo para uma reunião importantíssima, na qual seriam decididas pendências que estavam afligindo toda a equipe, inclusive os proprietários da empresa. No meio da reunião, atordoado, não soube apresentar o seu projeto, gaguejou, perdeu-se na cronologioa e na concatenação das idéias. O chefe, irritado, na frente de todos, gritou que ele estava despedido e, embora, logo em seguida tenha retrocedido, o ambiente ficou pesado e tenso. Terminado o expediente, ao voltar para casa, teve um pneu do carro furado, obrigando-a a fazer a troca em plena avenida movimentada, transpirando e chegando até a rasgar e a sujar de graxa a calça que inaugurara.
Chegando à casa, correu para tomar um banho, mas, infelizmentew, estava faltando água.
Na mesa de cabeceira, encontrou um bilhete da namorada, lacônico: "Vou morar em Belo Horizonte, adeus".
Perdeu a vontade de comer, meteu-ser na cama, assim mesmo suado e com a cabeça repleta de minhocas.
Foi aí que sonhou: o vizinho, com aquele bigodinho ridículo veio lhe dar a notícia: "o senhor ganhou a Mega Sena sozinho, 25 milhões". Acordou mais suado ainda e com terrível dor de cabeça. Na realidade, fora o vizuinho que abiscoitara o prêmio da loteria.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui