Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
111 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55449 )
Cartas ( 21078)
Contos (12180)
Cordel (9615)
Crônicas (21378)
Discursos (3114)
Ensaios - (9921)
Erótico (13151)
Frases (40387)
Humor (17575)
Infantil (3578)
Infanto Juvenil (2314)
Letras de Música (5425)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136055)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1040)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4248)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Há gosto -- 04/08/2016 - 11:42 ( Andre Luis Aquino) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
É dessa coisa desconhecida
que tenho tido muito na vida
não me sangra
mas deixa ferida

O vento me trouxe mentiras
de um país sem sofrimento
como se lá todas pessoas fossem felizes
e aqui só padecêssemos de flagelos
desgraças e lamento

Minhas palavras
são só o que tenho
feitas de pedras, águas e pensamento
movidas a base de lembrança
e de esquecimento

Em seus frutos há gosto
de deserto, mar e perdão
se amargas ou doces são
já não me importo mais

Porque é nelas
que mato a sede da boca
e que alimento
meu coração
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui