Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
56 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56319 )
Cartas ( 21150)
Contos (12564)
Cordel (9932)
Crônicas (22050)
Discursos (3130)
Ensaios - (9100)
Erótico (13316)
Frases (42749)
Humor (18172)
Infantil (3689)
Infanto Juvenil (2487)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137624)
Redação (2904)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4591)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MEU VIVER APARTADO -- 01/10/2016 - 22:01 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Ah, só quem me viu em pleno amanhecer

E só quem me viu duro feito rocha

E profundo feito um vasto oceano

Poderá minha alma compreender;

Às vezes seu brilho é como tocha

A alumiar o fundo dum mar sereno

Ou tão sem luz que não permite ver

Nada além, feito seita ortodoxa



Mas só quem me viu assim... desabrochado

E quem me viu a alma toda por dentro

E com todo o seu mais rico esplendor

Sabe que o meu viver apartado

É pra evitar tão grande desencanto

Com a humanidade, que sem pudor

Cobre suas tolices com manto sagrado

Da fé, de verdades sem cabimento


ENCONTRE-ME TAMBÉM:

NO GOOLGE+

NO FACEBOOK

TWITTER

NO MEU BLOG







ÚLTIMOS POEMAS PUBLICADOS:

EU NÃO SOU DIFERENTE

DA INEVITABILIDADE DO FIM

MINHA ALMA NO CALABOUÇO

NESTE POR DO SOL

A CURTA REALIDADE

NÃO CHORAREI TUA PARTIDA

VOU MORRER SORRINDO

O SORRISO DUM OLHAR TRISTE

SE AMEI, NÃO FOI EM VÃO

ESQUECENDO O PASSADO

APRENDIZADO

CERTO DE TER VIVIDO

O BRUSCO APAGAR DA CHAMA

A SEDUTORA

ADORNO DO AMOR

FOI DEMAIS PRA MIM

AGARRANDO-SE AO PASSADO

A MUSA NA PRAIA

QUEM CULTIVA O ÓDIO

BATALHA PERDIDA

NUM JARDIM ESQUECIDO

SE QUERES PARTIR DA MINHA VIDA

FRUTO DA DESRAZÃO

MINHAS ASPIRAÇÕES DIVAGAM

UM QUERER CONSTANTE



NÃO DEIXE DE LER: 30 TEXTOS MAIS LIDOS DA USINA NOS ÚLTIMOS 6 MESES
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui