Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54470 )
Cartas ( 21032)
Contos (11992)
Cordel (9377)
Crônicas (20889)
Discursos (3100)
Ensaios - (9875)
Erótico (13091)
Frases (39515)
Humor (17516)
Infantil (3551)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5407)
Peça de Teatro (1308)
Poesias (135147)
Redação (2861)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2368)
Textos Jurídicos (1911)
Textos Religiosos/Sermões (4105)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ÀS ROSAS - mensagem caligráfica - Saes - Élucidário -- 11/01/2017 - 11:17 (Boanerges Saes de Oliveira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
ELUCIDÁRIO DE “ ÀS ROSAS – mensagem caligráfica Saes “

1. ÀS ROSAS

2. Tardinha chegando,

3. À proteger continuam os espinhos,

4. É a Natureza que cede carinhos,

5. Aí está ! É o Pai Amando.

6. Boanerges Saes de Oliveira

7. 22.01.2009 – 17.10 h.v


1. Inspiração oriunda da mentalização de uma vida comparada à Natureza, à flora, especificamente à flor rosa , porque é bela e quem apertá-la ,sem os cuidados necessários, fere-se com os espinhos que a protegem.

2. Normalmente, no final de cada fase do nosso dia a dia, pairamos um pouco fora da realidade, da rotina, e queiramos ou não, façamos reflexões.

3. “Natureza” com a letra “N” maiúscula, é desejo poético do sinônimo de tudo que é Belo, Deus !

4. Aí, não é dor e sim aconchego exalando o perfume e a beleza das pétalas, das nossas ações no dia a dia, sendo também protegidos pelo mesmo Deus, Criador.

5. O poeta traz a figura máxima do Amor, Deus, unindo-O com a dor-espinho, transformando a imagem sem sombras, só em pura Beleza, só em utilidade no existir de tudo. Passa a concluir que: se Deus , a Suprema Justiça está na Eternidade nos Amando, se algo nos traz a vivenciarmos com o que definirmos de dor, tristeza, culpas, sombras, desequilíbrios, atrelarmos tudo que é bom a nosso mérito e o ruim ao exterior do ser, estamos no caminho constante da auto-aniquilação, egoísmo, tendendo-nos a finalizarmos fases tristes, aí sim o mérito d’uma existência sombria, na somatória, culminando com guerras sem fim.

6. Nome completo do autor: Genitor de Rafael Cosentino Saes, 27 anos, especial.

7. Data com horário de verão, no bairro do Brooklin, São Paulo – SP, Brasil, dentro do automóvel a espera da mamãe Maria Alice Cosentino Saes , a qual estava no mercado à compra de produtos alimentícios rotineiros. Minutos atrás, nosso filho tinha ferido a testa, com sangramento intenso, pois sofreu acesso epiléptico e foi de encontro ao solo da cozinha. Arrumamos essa saída , para distração dele e nossa, minorando tristezas, daí a comparação com o tema ROSA !, trazendo para a realidade a Beleza da poesia atrelada à filosofia e a religião, tecendo manto de compressão às “iluminadas almas” que temos a Concessão de ladeá-las , sempre dentro da Utilidade Criada.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 157Exibido 34 vezesFale com o autor