Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
40 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56298 )
Cartas ( 21150)
Contos (12562)
Cordel (9930)
Crônicas (22047)
Discursos (3130)
Ensaios - (9088)
Erótico (13314)
Frases (42729)
Humor (18162)
Infantil (3686)
Infanto Juvenil (2480)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137613)
Redação (2901)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4588)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->...E SE NÃO HOUVER VIDA LÁ NA FRENTE?! -- 23/02/2017 - 20:47 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Do nascer ao morrer vêm os percalços...

Todo ser nasce mesmo muito pobre;

Não importa se rico ou mesmo nobre.

Nós nascemos nus e com pés descalços



Do viver sempre estamos no seu encalço.

Ao nascer não se escolhe nem o nome;

E nascemos chorando. Medo ou fome?

Pois a vida é mesmo um cadafalso,



E se esvai diariamente sem sentido.

Pelo menos, sentido aparente...

E vivemos... até sem ter vivido,



Esperando viver eternamente.

Garantia ninguém dá mesmo pra gente

E se não houver vida lá na frente?!...



HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, ANTES DO CARNAVAL DE 2017.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui