Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
77 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55347 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40257)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1036)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4239)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CONVERSE-SE-mensagem caligráfica-Saes-Elucidário comentado -- 13/03/2017 - 15:54 (Boanerges Saes de Oliveira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

CONVERSE-SE – mensagem caligráfica – Saes – Elucidário comentado


(1) CONVERSE-SE - mensagem caligráfica- Saes

(2) No monólogo de cada pensar,
(3) O semelhante é atraído,
(4) Cuida da boa saudade,

(5) Pois É O Todo Bondade,
(6) Que apresenta o Irmão caído,
(7) Ouça-o e auxilie à Amar.

(8) B. Saes
(9) 11.03.2017 – 23.50 h


(1) CONVERSE-SE: Tece, o autor, uma visão que indica uma auto ordem para que não divague mentalizações de objetividade incerta, pois se sofre com a ansiedade criada em algo que não pertence ao absoluto e real evento. Assim escreve: Pare de pensar nisso, vá e faça uma detalhada análise dos porquês, atrele à visão até agora aceita e pratique-a externando, a princípio para seu próprio ser e pelos reflexos, certamente uns tecerão críticas ,enquanto que outros, acharão soluções para diversos questionamentos, quiçá possamos denominar essa ação de “aculturação de pensamentos” criando núcleos que se refletem com situações de melhores sabores do eternamente viver.

(2) No monólogo de cada pensar : Na permuta dos constantes discursos do pensamento ao coração, ou seja, da razão ao sentimento, o ser pensante descobre à cada ação uma ferramenta adequada para sua Individualidade Doada, seu único e eterno ser espiritual. Ouve-se dos mais experientes o ditado: “antes de agir conte ate dez”, criado está o monólogo, o qual se bem utilizado, com vagar, com responsabilidades das análises interiores para o exterior, evidente que os efeitos serão mais saudáveis. Crer que se está correto, já é um enorme passo para que no depois, não se procure o cisco no olho do próximo e sim o esforço vigilante para minorar as dimensões da trave que estaciona frente a própria visão.

(3) O semelhante é atraído: Somos, neste entender e aceitar oriundos deste pensador que grava a digitação, uma infinidade de uniões entre partículas energéticas que se atraem e constantemente se opõem, gerando luzes ou sombras, formando campos de atração ou repulsão, conforme as leis naturais na constituição do equilíbrio universal, ainda muito longe de aflorar rápidos entendimentos das causas e consequências de nossas tendências para a paz ou guerra. Conclui-se que, por hora, somos herdeiros de nossas próprias aquisições, com poder de mudança para o bem ou não, conforme a utilização da liberdade de escolher o que bem entender, a partir do pensamento, sendo controlado pelas leis criadas pelos Irmãos em evolução, dentro de tempos necessários à cada Orbe, cada Morada da Inteligência, seja do reino que se está a existir. A vigilância sempre se faz útil e necessária para o equilíbrio e continuidade daquele perfil vital.

(4) Cuida da boa saudade: Essencial minorar pensamentos destruidores de esperança, de Fé, de acusações sem fim, de mágoas, vinganças, e tantos outros, vez que o antídoto desses costumes, podemos denominar de Amor, e Este só constrói realidades de durações prolongadas, como acreditamos que fomos Criados pelo Pai, com um espírito simples e ignorantes da lei, justamente para livremente conquistarmos a gleba, o plantio e a colheita, para todos sem distinção, diferente por ser única na ocasião obrigatória da colheita, aí se encontra a Justiça Plena e eternamente inalterável. Lembrar-se de algo não é proibido, atrair sofreres é um plantio não vigiado com frutos amargos a colher, assim deve o ser cuidar e conquistar um estado de constante boa lembrança do que passou, trabalhando que a solução daquilo que lembrou de dissabor, não se torne a multiplicar no caminho existencial. Necessário dar sempre o primeiro passo, e nessa visão, não a ser que dê o passo na vez daquele, pois ficaria com o mérito da boa colheita se assim fosse Permitido.

(5) Pois É O Todo Bondade: Deus , causa primeira de todas as causas, único e perpetuamente imutável, àqueles que Sua Lei aceitam e praticam, nos trazendo para todo sempre a solução de todos os nossos quereres.

(6) Que apresenta o Irmão caído: Mostra-se um dos infinitos exemplos do que nos apresenta à Vida para a nossa constante melhora. Na análise exterior de uma situação de que um semelhante (aqui se olha como a Vida de todos os seres, toda a Criação Universal, no caso do nosso Orbe, A Humanidade, os reinos animal, material, vegetal, estão alinhados e necessários a todos e de todos nós precisamos para a constante permuta rumo à perfeição relativa. Assim, nas Oportunidades, Deus na sua infinita Bondade nos traz a vicissitude, os reprovados pedidos, como a realidade dos pedidos aceitos por Ele e à nós concedidos, sempre necessários, mas primando pela Vontade dEle e não a vontade da nossa curta e egoísta vez do querer.

(7) Ouça-o e auxilie à Amar: Inteligência utilizada é a prática dos nossos sentidos inerentes à cada indivíduo, construindo à cada ação, um campo físico ou mental, aonde se transforme em manancial de buscas e com nexo nos afloram os estados que nos permitem vivenciarmos tais conquistas que denominados de felicidade. É a escolha da boa semente, o plantio, a vigilância, a colheita e a distribuição, eternizando o Amor.

(8) B.Saes: Nome abreviado do autor Boanerges Saes de Oliveira.

(9) ) 11.03.2017 - 23.50 h. Data e hora do término da mensagem caligráfica.


Boanerges Saes de Oliveira
11.55h – 13.03.2017
Brooklin Paulista – São Paulo - SP


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 157Exibido 40 vezesFale com o autor