Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56945 )
Cartas ( 21165)
Contos (12595)
Cordel (10046)
Crônicas (22170)
Discursos (3133)
Ensaios - (8976)
Erótico (13389)
Frases (43464)
Humor (18420)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2649)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138120)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4811)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->DIVINA BRISA -- 16/03/2017 - 14:41 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






DIVINA BRISA

Jan Muá

16 de março de 2017



Surgindo dos meandros do Universo

chegou em plena manhã

com todas as credenciais do Olimpo



Muito prazenteira

tomou conta do pedaço

e colocou todo o mundo a dançar



Seduziu

meus olhos e meus sentidos

para que eu acompanhasse o surpreendente espetáculo



Veio

em nome do Senhor do Universo

para reanimar toda a Natureza

as árvores

e suas folhas em especial

as quais sua graça dançarina

mobilizou para um espetáculo geral

na seara da Terra

onde a energia do sol

criando formas e cores

toda a Natureza domina



No vale das patas de vaca

não perdeu tempo

e aproveitou suas horas de festa

para sacudir folhas e ramos

roçagar o nariz arrebitado de alguns curiosos

que por ali passavam

deixando a imagem

de uma deusa milagrosa

que concriou no vale

terra de humanos

o delírio dançante

do movimento genesíaco.



Jan Muá

16 DE março DE 2017
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 182 vezesFale com o autor