Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
32 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54391 )
Cartas ( 21031)
Contos (12030)
Cordel (9348)
Crônicas (20776)
Discursos (3097)
Ensaios - (9868)
Erótico (13087)
Frases (39441)
Humor (17507)
Infantil (3550)
Infanto Juvenil (2302)
Letras de Música (5406)
Peça de Teatro (1308)
Poesias (134968)
Redação (2860)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2368)
Textos Jurídicos (1911)
Textos Religiosos/Sermões (4089)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Precisei Usar Sutiã Apertado, na Minha Adolescência, e Meus -- 19/03/2017 - 17:23 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Precisei Usar Sutiã Muito Apertado, na Minha Adolescência, e Meus Ombros Afundaram
Na minha triste adolescência
Adultos sem nenhuma paciência
Aconselhavam toda a manhã:
- Aperte bem este pequeno sutiã!

- Sutiã não é nenhum bandido
- Ele não deixa o peito ficar caído!
Então eu não podia tirar o sutiã apertado
Nem para dormir num sono sossegado

Pois no meio da escura madrugada
Eu, surpreendentemente, era revistada!
Com o tempo, meu espírito deixou de ser louco
Então me acostumei com o sutiã pouco a pouco

Porém, só fui perceber de uma forma tardia
Que meus ombros afundavam a cada dia
Por causa do sutiã apertado, meus ombros ficaram fundos
Precisei esconder estes detalhes com sentimentos profundos

Em público, eu não usava top e nem regata
Muito menos vestido tomara-que-caia
Um dia apareceu um homem com cabelos de Sol,
Olhos claros e voz com canto de rouxinol,

Que puxou a alça da minha blusa sem medo
Deste jeito, ele descobriu o meu segredo
Então através de um singelo poema
Expliquei a angústia do meu problema:

- Não se assuste e nem vá embora, por favor, moço
- Meus ombros são fundos como um seco poço
Então ele derramou uma lágrima pura e cristalina
Em um dos meus ombros fundos de menina

Assim o seco poço virou uma lagoa
Através desta atitude amorosa e boa
De tanto usar sutiã apertado, meus ombros ficaram fundos
Porém, meus sentimentos, tornaram-se cada vez mais profundos.
Luciana do Rocio Mallon


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui