Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
77 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55077 )
Cartas ( 21063)
Contos (12135)
Cordel (9570)
Crônicas (21233)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13137)
Frases (39997)
Humor (17552)
Infantil (3565)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135740)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4207)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O sonho -- 18/04/2017 - 08:28 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O sonho

Nivela a todos igualmente
Vontades absurdas
Que traumatizam a verdade
Identidade numa cidade
Repleta de vaidade

Concretiza ou não
No concreto armado
De cima, visualiza
O dormente
Na pobre gente

Passos, olhares e caminhos
Longos no devaneio
De quem observa perdido
A fúria do vento

Sou o que nunca fui
No passado presente
Nó no tempo
Do que sonha com dor

Dor e dó de si
Sem parentes nem dentes
Pendentes não pendem
Prendem o ser inocente

Cativa o algoz
Jura inocência
Com frequência
Na adolescência

Acorda!
Vive e realiza
Planeja e executa
O que ainda estuda
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui