Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
57 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54839 )
Cartas ( 21056)
Contos (12108)
Cordel (9511)
Crônicas (21077)
Discursos (3106)
Ensaios - (9897)
Erótico (13126)
Frases (39799)
Humor (17545)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135520)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4173)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A Casa Cor Virou Castelo do Horror Depois da Exposição de Po -- 14/06/2017 - 20:58 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A Casa Cor Virou Castelo do Horror Depois Da Exposição de Poltronas de Raposas
Recentemente ocorreu algo cheio de terror
Porque a famosa Casa Cor
Transformou-se em castelo do terror

Depois que uma poltrona com peles de raposas
Foram expostas de um jeito depressivo e triste
Isto comoveu até as traiçoeiras mariposas
Que duvidaram que o amor existe

Esta poltrona peluda e branca
Não foi feita de forma franca
Pois duas cabeças de raposas inocentes
Enfeitam os dois lados incoerentes

À noite as raposas criam vidas
E uivam para o belo luar
Procurando a cura das feridas
Para saírem daquele lugar

Cada vez que uma raposa vira objeto decorativo
O Pequeno Príncipe lamenta e chora
Pois seu espírito é amável a ativo
Não deixando a amizade ir embora
Por favor, libertem as raposas, agora

Não estamos na Idade da Pedra para vestir peles de animais
Precisamos amar os bichos para alcançar os mais elevados astrais.
Luciana do Rocio Mallon





Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui