Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
95 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54936 )
Cartas ( 21059)
Contos (12122)
Cordel (9541)
Crônicas (21128)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39891)
Humor (17552)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5413)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135633)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Curitiba Não Tem um Parafuso a Menos, Pois Tem um Parafuso a -- 08/07/2017 - 17:27 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Curitiba Não Tem um Parafuso a Menos, Pois Tem um Parafuso a Mais Que é a Torre da Telepar
Reza a lenda que Curitiba é uma moça
Tímida, porém de corpo esguio e elegante
Com pele brilhante, gelada e frágil de louça
Vestindo, nos cabelos, uma coroa de diamante

Dizem que Curitiba, a musa dos serenos
Possui, na cabeça, um parafuso a menos
Porém o poeta descobriu em nome da paz
Que Curitiba tem mesmo é um parafuso a mais

Este parafuso é a Torre da Telepar
Que é vista em qualquer canto da cidade
Ela vira um castelo nas noites de luar
Pois sua alma é mágica de verdade

Este misterioso, forte e suave parafuso
Não deixa o espírito de Curitiba confuso
Ele protege esta ecológica terra
Das armadilhas de uma quimera.
Luciana do Rocio Mallon

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui