Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
83 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54936 )
Cartas ( 21059)
Contos (12122)
Cordel (9541)
Crônicas (21128)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39891)
Humor (17552)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5413)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135633)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Impercebida, -- 11/07/2017 - 09:42 (Armando A. C. Garcia) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Impercebida,





Impercebida, guardo tua lembrança,

E nesta vaga chama a passo lerdo,

Vivo meu triste luto na confiança

Que da indulgente complacência herdo.



São saudades inconsequentes minhas

Estas lembranças, reminiscentes

São chama que não se apaga sozinha

Pelos atributos inconsequentes



Sofro nesta ilação impercebida,

A inferência imediata de te ver

Pois, o que eu padeço nesta vida



É uma reminiscência percebida,

Que de impercebida queria abster

A lembrança para sempre querida !



São Paulo, 09-07-2017 (data da criação)

Armando A. C. Garcia



Visite meus blogs:

http://brisadapoesia.blogspot.com

http://criancaspoesias.blogspot.com

http://preludiodesonetos.blogspot.com



Direitos autorais registrados

Mantenha a autoria do poema


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 12Exibido 32 vezesFale com o autor