Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
98 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55221 )
Cartas ( 21066)
Contos (12156)
Cordel (9592)
Crônicas (21295)
Discursos (3112)
Ensaios - (9914)
Erótico (13140)
Frases (40122)
Humor (17564)
Infantil (3566)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135853)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->PROVISORIEDADE -- 18/07/2017 - 23:33 (Ricardo Barreto Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Na vida tudo é provisório.

Cozinho num fogão de camping, logo, considero-me acampado provisoriamente neste apartamento provisório.

Tenho uma namorada provisória que está no Brasil provisoriamente.

A qualquer momento posso mudar de apartamento, de bairro, de cidade, de estado ou de país. Sou um cidadão provisório.

Estou alinhavando estas linhas provisoriamente porque só no final saberei sobre o que escrevi.

Fiz muitos planos que não se realizaram, portanto foram provisórios.

Tive uma família provisória que se desfez porque sou um homem provisório.

Hoje estou morando provisoriamente sozinho.

Pretendo fazer um acordo com a minha namorada provisória para morarmos provisoriamente juntos.

Acho o meu atual relacionamento provisório porque não estamos encarando as nossas diferenças. Estamos jogando tudo para baixo do tapete e, quando estivermos juntos, isso tudo vai explodir e deixar sequelas dolorosas em cada de nós.

Tenho muitas idéias provisórias que nunca conseguirei ver colocadas em prática porque dependem de decisões de pessoas que estão provisoriamente no poder.

A juventude é provisória, o amor é provisório, a felicidade é provisória, a vida é provisória. Não existe nada definitivo, a não ser a morte.

Depois que você morre não existe outra oportunidade para você fazer que você se arrependeu de não ter feito durante a sua vida provisória.

Portanto, faça tudo o que você tem vontade de fazer enquanto você é provisoriamente dono da sua vida.


Recife, 01/08/2000


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui