Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
82 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54946 )
Cartas ( 21059)
Contos (12121)
Cordel (9544)
Crônicas (21131)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39899)
Humor (17551)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135650)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Um sorriso e uma lágrima -- 30/08/2017 - 20:15 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
 
 
Hoje viste minhas lágrimas
Escorrerem aos quatro cantos
Como chafariz ou cântaro partido
Antes fosse apenas inocente pranto
 
Do querer ter-te  novamente
De corpo, mente,  alma e coração
No entanto a distância separar-nos veio
 
Da criança que mesmo adultos fomos
A brincar de esconde-esconde
E guardar minha mão  entre teus seios.
 
E tu me perguntas é natural?
Pode um artifício fazer tanto?
Responde, ó  Vespasino. Peço:
 
“ Piedosa gentil Samaritana!
Sou perseguido pela sede insana
Do amor que anima e que nos faz sofrer:”
 
“Tenho sede demais, Samaritana
Tenho sede demais: quero beber!”
 
 
“Fugis, então, ao mísero que implora
O saciar da sede que o consome,
O saciar da sede que o devora?"
 
 
“Pecais, assim, Samaritana! Vede:
- Filhos, dai de comer a quem tem fome,
Filhos, dai de beber a quem tem sede.”

 
Adalberto Lima e Vespasiano Ramos
Enviado por Adalberto Lima em 30/08/2017
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 20 vezesFale com o autor