Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
108 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55051 )
Cartas ( 21061)
Contos (12130)
Cordel (9564)
Crônicas (21226)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13135)
Frases (39979)
Humor (17551)
Infantil (3562)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135726)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4205)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->INFANCIA -- 12/10/2017 - 20:35 (sandrime sérgio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
INFÂNCIA
De manhã vaca berrando
Debaixo de minha janela,
Galo cantando na laranjeira
Que vida boa era aquela...
Pés descalços sentindo a terra
frutas no quintal...ao alcance da mão
Gangorra no galho da mangueira
Sombrinhas de folhas de mamão
Bonecas de sabugo de milho
Jabuticaba empretejando o chão.
Calor, resolvia fácil
Era banho no ribeirão.
Á tarde cheirava biscoito
Bolo , doce ...uma fartura
Mamãe gritava brava
Sem nunca perder a ternura
“O lanche está na mesa”
“Venham comer criatura”
O final da tarde era festa
Orquestra de pássaros a cantar
Logo , logo vinha a lua
E também as estrelas a brilhar
Uma história embalava meu sono
“Era uma vez...vou te contar”...
De manhã vaca berrando
Debaixo de minha janela,
E eu acordava feliz
Como o príncipe ao encontrar a Cinderela...
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 9Exibido 25 vezesFale com o autor