Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
92 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55585 )
Cartas ( 21086)
Contos (12217)
Cordel (9652)
Crônicas (21424)
Discursos (3115)
Ensaios - (9924)
Erótico (13156)
Frases (40559)
Humor (17585)
Infantil (3581)
Infanto Juvenil (2319)
Letras de Música (5429)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136176)
Redação (2882)
Roteiro de Filme ou Novela (1041)
Teses / Monologos (2376)
Textos Jurídicos (1910)
Textos Religiosos/Sermões (4276)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->UMA FOTO DE PARIS -- 03/11/2017 - 15:48 (PAULO FONTENELLE DE ARAUJO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


 


Há qualquer coisa nesta foto de Paris


-as flores naquela varanda-


quando eu o encontrar


ele talvez revele a minha volta à cidade.


Pode estar na bandeira da França,


do prédio em frente.


Tantas janelas abertas,


será nítido, mas não agora.


As árvores visíveis,


a placa luminosa do hotel Excelsior;


algo indica talvez um segredo.


Pessoas caminham agasalhadas


sem olhar para mim.


O sinal virá  das antenas,


sairá da escadaria de ferro,


no fim do paredão lateral?


Alguém dali me acenará?


Não o vejo ainda.


A placa daquele carro registrará uma data,


uma frase?


Reparo bem,


o inusitado da foto surge da evidência 


do sentido obrigatório da rua;


a pequena distância estávamos


do Jardim de Luxemburgo,


jardim onde todas as estátuas


são mulheres tristes


e por isto acolhedoras.


A foto quer me dizer então:


há muitos extremos em Paris.


A cidade espera


o retorno do centro velho de São Paulo,


que está dentro de mim.


 


DO LIVRO: "A CIDADE POSSÍVEL"


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 17Exibido 83 vezesFale com o autor