Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
86 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55241 )
Cartas ( 21066)
Contos (12158)
Cordel (9594)
Crônicas (21296)
Discursos (3111)
Ensaios - (9914)
Erótico (13140)
Frases (40133)
Humor (17566)
Infantil (3567)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135869)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Um Quase Beijo -- 10/11/2017 - 15:45 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Um Quase Beijo
Um quase beijo foi um ósculo que não aconteceu
Como uma vela nova que se apagou no breu
Um quase beijo não estava errado e nem certo
Apenas dois lábios chegaram, um do outro, muito perto

Porém, de repente, apareceu alguém
As bocas não se encostaram em nome do bem
Assim o ato evitou fofocas e intrigas
Pois abraços, ás vezes, acabam em brigas

Dois narizes se encostaram a sós
Formando carinhos de esquimós
Mas de repente chegou a consciência e sua voz
Um dos seres afastou a boca de forma veloz

Um quase beijo sempre esconde um segredo
Que deixa no ar um perfume de medo
Neste momento os doces lábios
Transformam-se em bússolas nos astrolábios
Por isto viram constelações cintilantes
Nos astrais misteriosos e radiantes.
Luciana do Rocio Mallon






Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui