Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
142 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56227 )
Cartas ( 21113)
Contos (12461)
Cordel (9813)
Crônicas (21736)
Discursos (3121)
Ensaios - (9963)
Erótico (13194)
Frases (41299)
Humor (17658)
Infantil (3600)
Infanto Juvenil (2327)
Letras de Música (5443)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136758)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2379)
Textos Jurídicos (1915)
Textos Religiosos/Sermões (4467)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O Natal -- 05/12/2017 - 15:54 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O Natal
O Natal é um menino arteiro
Fugiu da babá, driblou o porteiro

Já aqui na Terra a primeira arte
foi pôr para dormir o tempo de guerra

A segunda arte foi pôr para correr as
Forças do mal, que nos fazem sofrer

Menino esperto tratou de entender o que
Está a acontecer para nada dar certo

Olhou bem nos olhos daqueles homens de
olhar sisudo, querendo à força resolver tudo

Nem precisou dar um jeito na situação
Eles mesmo já andavam a dar cabo do coração

Então o menino achou um tempinho para ir
A um campinho. Parecia um menino maluquinho

Chutava a bola com jeito moleque e a danada até
Parecia que os atravessava

E todos davam aquela risada
Riam por tudo e por nada

O menino arteiro resolveu então baixar o calção
A rir mais ainda, todos trataram de tirar o calção

E riram com o nunca se riu
A bola rolava como nunca rolou
Cada um tirava um coelho da cartola
Para agradar o dono da Bola

Muita gente foi chegando querendo saber o que é
É o Natal ensinando o que é viver a fé

Que riqueza para valer é um corpo menino
Um jeito moleque de ser

Saúde para dar e vender.

Lita Moniz








Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 6Exibido 43 vezesFale com o autor