Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
123 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56713 )
Cartas ( 21128)
Contos (12517)
Cordel (9864)
Crônicas (21893)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41707)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137075)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4520)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Sol a sol -- 29/01/2018 - 16:28 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sol a sol

Seguindo e olhando ao céu, ele veio intercalando os passos com horas de descanso no cansaço sobre a estrada barro. Barra é a estrada que nunca acaba numa pousada que lhe afaste um pouco o sol a sol, desta vasta imensidão. A lua propôs uma trégua, oferecendo-lhe uma ausência temporária de luminosidade ainda que seus dias tivessem sido refutados pela falta de coragem. O corpo pediu o reforço das horas de inércia, conforme havia prometido a si mesmo. Ele registrava pelos sinais, que repousar seria a estratégia de conseguir um plano de retorno mais adequado. E lá continuava o sol, seguido por ele mesmo, sendo intercalado por ela, majestosa dama noturna a entorpece-lhe pelo aroma da noite. A batalha continuava a incitar-lhe uma ousadia de que era desprovido. Soldados se apresentavam a cada demanda dos fatos que iam-se surgindo e posicionando todos os argumentos que contra si, iam despontando. Sem apontar de volta, cada um ia somando em baixa, o exército de almas que arrancavam as patentes de santidades em graus diversos. E o exército de anarquistas iam celebrando o cortejo rumo ao céu, proporcionado pelo Deus sol. Lado a lado, estavam os reis a servir de anfitriões durante a recepção dos novos habitantes. O sol e ela, a lua, divina e suave a amortecer o calor emanado da força do amor que ele, o astro rei, por ela se fortalecia.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui